O que é DANFE e por que é um documento importante nas vendas?

Por Equipe QuickBooks

2 min de leitura

Quando surgiu a possibilidade de emitir NFe, novas tarefas surgiram também – entre elas, a necessidade de imprimir o DANFE, que veio para facilitar as coisas, mas que é um assunto confuso para muitos empreendedores. Por isso, hoje vamos explicar para você o que é DANFE, para que ele serve e porque ele é importante nas vendas. Acompanhe!

O que é DANFE?

Abreviação de Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica, o DANFE é um resumo da nota fiscal, como se fosse uma nota simplificada.

Leia também: 4 dicas de gestão fiscal para pequenas empresas

Para que serve?

A principal função do DANFE é acompanhar o transporte das mercadorias do remetente até o destinatário, levando todas as informações sobre os produtos, valores, quem emitiu e quem deve receber a entrega. É um papel auxiliar à Nota Fiscal.

E por falar nisso, esse documento não tem valor fiscal – nele há uma chave de acesso formada por 44 números que serve para acessar a Nota completa na internet.

Então, ele não substitui a Nota Fiscal?

Não, pois como vimos, o DANFE serve como um documento auxiliar à Nota, identificando toda a transação quando a mercadoria está sendo transportada. Ou seja, ele não é e nem substitui a Nota Fiscal em si. Aliás, a Nota Fiscal é acessada por meio de uma chave que está presente no DANFE.

Quer gerar seu DANFE Online? Clique aqui!

Por que é importante emitir o DANFE?

Para que você, seu cliente e mercadoria estejam seguros durante o transporte dos produtos, pois todas as informações estão identificadas nesse documento que dá acesso à Nota Fiscal. Além disso, ele pode ser reimpresso em caso de extravio e descartado após a utilização. Como a Nota é um documento com valor fiscal, é interessante que ela esteja disponível apenas no site e não fique circulando por aí, não é mesmo? O DANFE, portanto, serve para garantir a legitimidade da transação de mercadorias entre a sua loja ao seu cliente, mas, protege também a NF – que está inteirinha no portal onde você a emite.

E por falar em nota, como organizar os valores?

A gente sabe que a cada Nota Fiscal emitida, um valor entra para o caixa da empresa e outro deve ser direcionado à Receita. Isso sem contar as Notas que chegam dos fornecedores, para serem quitadas. Com tanto número assim, é fácil de se perder. Por isso, a melhor dica é armazenar todas essas informações de uma forma bem simples e num mesmo lugar, como na ferramenta de fluxo de caixa do QuickBooks ZeroPaper. Nela, você tem controle das receitas, despesas e impostos – tudo de um jeito fácil, simples, seguro e gratuito – e fica mais fácil de acompanhar o destino do dinheiro da sua empresa. Confira!

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Artigos Relacionados

Guia DANFE: tudo o que você precisa saber

O DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) trata-se de uma representação…

Leia Mais

Conheça os 4 tipos de de Nota Fiscal Eletrônica

O mundo vive uma forte tendência de modernizar os seus processos e…

Leia Mais

5 informações práticas sobre como emitir a NF-e

A nota fiscal eletrônica (NF-e) facilitou bastante o registro de entrada ou…

Leia Mais