Planejamento financeiro: veja como começar bem o ano

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

Com a chegada do último mês do ano, é a hora de fazer um balanço do que aconteceu em 2015 e se preparar para 2016. Isso inclui em especial as finanças. Antes que o ano novo comece, é preciso fazer o planejamento financeiro anual, para gastar com o que é inevitável, economizar com o que é possível dispensar e até para investir e fazer outras mudanças que vão permitir aumentar a renda.

Confira no post de hoje dicas essenciais para começar 2016 com o pé direito, sem medo da crise econômica, com as principais contas a pagar organizadas e com ânimo para economizar, investir e faturar mais!

Renove a avaliação das suas receitas e despesas

De tempos em tempos, é necessário refazer aquela análise do seu fluxo de caixa, seja da empresa ou da sua casa. Anote tudo o que gastar durante um mês inteiro, de preferência em uma planilha, assim como as receitas do período. Ao final, avalie se suas contas estão equilibradas e veja se é possível cortar gastos.

LEIA TAMBÉM: Como projetar o balanço patrimonial para o próximo ano

Estabeleça novas metas de economia

O valor mínimo para se poupar em um fundo de reserva deve ser 10% da sua receita. Entretanto, quanto mais você poupar, mais rápido poderá fazer aquele investimento que está planejando. A partir da nova avaliação das suas contas, estabeleça metas mais ousadas.

Preveja os pagamentos dos impostos anuais

É importante fazer seu planejamento financeiro considerando os impostos anuais, que precisarão ser pagos no início do ano seguinte. Isso inclui IPVA e IPTU, entre outras taxas, assim como Imposto de Renda. Antes mesmo de a Receita Federal liberar o programa da declaração, avalie seus ganhos e gastos e veja se provavelmente precisará pagar imposto ou não.

Resista ao consumo e evite fazer dívidas

As festas de fim de ano são uma tentação para o consumo. A melhor forma de evitar consumir é não ir aos templos do consumo, os shoppings, e focar em comprar apenas o necessário, mesmo nesse período. Tire o cartão de crédito da bolsa e controle o seu saldo para não entrar no cheque especial, pois essas duas modalidades de crédito têm altas taxas de financiamento. Em essência, evite despesas pessoais que possam comprometer a contabilidade da empresa.

LEIA TAMBÉM: Veja dicas para pagar juros mais baixos em financiamentos

Pense em alternativas para aumentar a sua renda

Poupar mais também significa dispor de mais recursos para investir. Avalie quais são os melhores investimentos para você e foque em aumentar a sua rentabilidade. Outra forma de engordar a sua poupança é progredir na carreira, ampliar o seu negócio ou oferecer um novo serviço; em resumo, apostar em novas formas de renda. Essa é a hora certa de refletir sobre isso e sobre como alcançar os novos objetivos.

Ao fazer seu planejamento financeiro para 2016, não se esqueça de pensar também nas realizações que são importantes para você. A vida não é só pagar contas e dívidas e poupar. O objetivo de organizar as finanças deve ser poder viver melhor, alcançar seus objetivos, e curtir momentos especiais com as pessoas que amamos. Tenha isso em mente!

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook ou Twitter e veja mais conteúdo sobre finanças para empresas.

Artigos Relacionados