Como otimizar a gestão financeira em pequenas empresas?

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Para uma empresa se tornar um sucesso em seu segmento, é necessário focar nos procedimentos de gestão. Além da gestão de pessoas e processos, uma gestão financeira eficaz é fundamental. Afinal, com as contas em dia é possível apostar em novos investimentos, projetos e se planejar para o futuro.

Visando auxiliar o seu controle e otimizar os processos financeiros do seu negócio, listamos em nosso artigo algumas dicas importantes que devem ser consideradas. Acompanhe a leitura!

  • Faça um bom planejamento financeiro

Ao iniciar suas atividades como empreendedor, o recomendado é elaborar um bom planejamento financeiro. Listar todas as despesas que você terá com o negócio é o passo principal que desencadeará as próximas decisões, principalmente quando relacionadas a novas aquisições e investimentos.

Analise o mercado e seus concorrentes, tomando nota de possíveis imprevistos que possam impactar a vida do negócio em um futuro próximo. Dessa forma, você já estará preparado para eventuais mudanças estratégicas.

Outra boa dica é fazer uma análise do planejamento ao final de cada período e avaliar os resultados. Considere, também, buscar respostas para questões sobre o faturamento do próximo ano e despesas futuras.

  • Separe finanças pessoais e empresariais

Esse é um erro clássico cometido por muitos empreendedores. Utilizar uma mesma conta bancária para recebimentos da empresa e pagamentos de contas domésticas, por exemplo, deve ser evitado a todo custo. Isso porque, quando esses valores são misturados, controlar as finanças torna-se uma tarefa quase impossível.

Caso você não tenha uma conta jurídica, considere optar por uma. Além de focar apenas nas movimentações empresariais, você terá benefícios como emissão de boletos bancários, máquina de cartão de crédito, limite para capital de giro, dentre outros.

Vale salientar também que os donos de negócio devem ser rigorosos quanto às retiradas mensais, os chamados pró-labores. É importante estipular um valor para o recebimento e segui-lo à risca, nas datas definidas.

  • Controle todas as movimentações financeiras

Organizar o caixa é outra etapa importante para a organização das finanças empresariais. Saber exatamente tudo o que entra e tudo o que sai é dever do empreendedor. Com essas informações em mãos, é possível definir os próximos passos do negócio.

Discrimine, em detalhes, todos os recebimentos previstos e os já recebidos. No caso das provisões, mencione a data na qual ela será efetivada, bem como valor e meio de pagamento. Quanto às saídas, é interessante categorizá-las em despesas fixas (impostos, salários dos funcionários, contas de consumo) e variáveis (multas de trânsito, contratação de funcionários temporários).

  • Utilize ferramentas de gerenciamento financeiro

Os processos de gestão financeira tornam-se bem mais simples quando são utilizados os sistemas de gerenciamento financeiro, principalmente quando o empreendedor trabalha sozinho.

Além de controlar as finanças, criar relatórios e facilitar o planejamento financeiro, os aplicativos possibilitam a emissão de boletos bancários, mais uma opção para recebimentos. Outra grande vantagem é a mobilidade, uma vez que muitos deles podem ser acessados tanto via desktop quanto por smartphones com sistemas iOS e Android.

Antes de optar por um gerenciador, vale entrar em contato com os desenvolvedores e descobrir se as funções disponibilizadas são direcionadas aos controles que você necessita.

Lidar com a gestão financeira da sua empresa pode até parecer complicado, mas, apostando nas ferramentas e estratégias adequadas, o processo torna-se bem mais simples! Aposte nas nossas dicas e otimize a gestão do seu negócio!

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados