Diferença entre margem de lucro: bruta, líquida e de contribuição

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

Um indicador importante para medir a rentabilidade da sua empresa, a margem de lucro se divide em três tipos: bruta, líquida e de contribuição. É calculando a margem de lucro que você consegue perceber claramente quais produtos ou serviços são os mais rentáveis e, assim, poderá tomar decisões importantes no dia a dia, como investir mais na produção do um dos produtos ou cortar a prestação de um serviço, entre outros.

Confira abaixo as diferenças entre as margens de lucro e como fazer o controle delas!

Margem bruta

É quanto você ganha com a venda de um produto ou serviço depois de diminuir as despesas para produzi-lo. Por exemplo: se você vende um produto por R$ 100 e a matéria prima e mão de obra para produzi-lo custaram R$50, você ganha R$50. Esse valor é o lucro bruto e ele representa, nesse caso, uma margem bruta de 50%.

Veja que, para calcular a margem bruta, você divide o lucro bruto pela receita (valor total que você recebeu). O resultado dessa conta é só multiplicar por 100. O número que aparece no fim é a porcentagem da sua margem bruta. O que a gente fez no exemplo: 50 divididos por 100 é igual a 0,5. Na sequência, 0,5 vezes 100 é igual a 50 – a margem bruta.

Leia também: 3 maneiras para pequenas empresas reinvestirem lucros

Saber a margem bruta é importante pois ela te ajuda a bolar o preço do que você quer vender.  Mas vale lembrar o lucro bruto não é o líquido – que vamos entender logo abaixo.

Margem líquida

É o quanto você lucra de verdade para cada real que entra como receita na sua empresa. Ou seja, você diminui dos valores que recebeu todas as despesas envolvidas na produção: matéria-prima, mão de obra, frete, gastos administrativos e impostos. O que sobrar é seu lucro líquido ou a margem líquida.

Vamos para mais um exemplo: você faturou R$ 10 mil no mês. Desse valor, R$2 mil foram gastos com matéria-prima, R$2 mil com mão de obra e R$ 2mil com despesas administrativas e impostos. Sobram R$ 4 mil. Esse foi seu lucro líquido. Veja que ele é diferente do lucro bruto, que vimos acima. (Sim, é menor).

E para saber qual é a margem líquida do seu negócio, basta dividir esse resultado pela receita total e multiplicar por 100. Parecido com o que fizemos para saber a margem bruta, anteriormente. Olha só!

  • 4 mil (seu lucro líquido) divididos por 10 mil (sua receita) é igual a 0,4.
  • 0,4 vezes 100 = 40.

Sua margem líquida é de 40, o que significa que a cada 100 reais vendidos, você lucra 40.

Leia também: 4 dicas de vendas imperdíveis para aumentar o lucro da sua empresa

Margem de contribuição

É aquela que diminui da receita as despesas variáveis como, por exemplo, a comissão do vendedor.

Para calcular é simples: é preciso diminuir do preço do produto esses custos variáveis. É importante ficar atento para que o que sobra depois dessa conta seja o suficiente para cobrir as despesas fixas – que são aquelas que vimos acima – e ainda reste o lucro.

Como controlar as margens

Para manter o plano de contas da empresa em dia e saber como está a sua margem de lucro bruta, líquida e de contribuição, é fundamental contar com um bom gerenciador financeiro. E nós temos duas dicas bem legais para você: o fluxo de caixa e os relatórios financeiros do QuickBooks ZeroPaper. Com eles você controla suas receitas, despesas, impostos e melhores clientes. E o mais legal: de um jeito superseguro e gratuito.

Artigos Relacionados

Aprenda a aumentar a margem de lucro do seu negócio

Ter uma margem de lucro correta nos produtos é muito importante para…

Leia Mais

Veja 4 maneiras de avaliar a sua rentabilidade

Se as receitas dos seus produtos e serviços estiverem cobrindo as suas…

Leia Mais

Lucratividade x rentabilidade: entenda as diferenças

Rentabilidade e lucratividade possuem conceitos distintos que precisam estar bem definidos para…

Leia Mais