Veja 6 dicas para cortar custos sem demitir

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Renda em queda, inflação subindo, taxa de juros nas alturas: a situação econômica atual do país definitivamente não está fácil para o setor privado. Diante de tal cenário, a busca por permanecer no mercado torna-se tão prioritária quanto a busca por crescer e colocar-se à frente dos demais concorrentes. Sendo assim, ser obrigado a tomar decisões como demitir funcionários e, consequentemente, perder produtividade em sua empresa pode tornar esses objetivos cada vez mais distantes e difíceis de serem alcançados.

Está incerto quanto ao futuro e enfrentando dificuldades em sua empresa? Confira 6 dicas para cortar custos e evitar ter de perder funcionários!

Confira seus planos de telefone e internet

Muitas vezes passamos anos com o mesmo plano de internet e telefone, mas nossas necessidades durante esse período se alteram constantemente. Por isso, confira se o quanto você paga por esses serviços ainda é necessário e se não pode ser reduzido.

Além disso, aproveite a oportunidade para checar se seus planos não estão desatualizados. Novos planos e combos são lançados constantemente; se o seu não muda há 1 ano ou mais, existe uma grande chance de você estar perdendo dinheiro.

Otimize seu gerenciamento financeiro

Muitas empresas sabem que estão perdendo dinheiro, mas não conseguem identificar ao certo a origem dessas perdas. Diante desse impasse, conte com um software de gerenciamento financeiro, que lhe permitirá uma visão mais geral e uma análise de dados mais detalhada de sua empresa, tornando mais fácil a identificação e implementação de ações com o intuito de reduzir seus custos.

Invista no marketing de baixo custo

Quantas pessoas você conhece que não têm uma rede social? Pouquíssimas, certo? Dado o enorme poder de alcance que estes sites têm e o baixíssimo custo de divulgação envolvido, aproveitar essas plataformas para divulgar sua empresa e o seu trabalho é uma ótima maneira de manter seus investimentos em marketing sem precisar alocar muitos recursos.

Analise seu fluxo de caixa

Nos últimos 12 meses de sua empresa, qual foi o período mais fraco no que diz respeito às vendas? De posse dessa informação, tente negociar suas vendas a prazo de forma mais racional, levando em consideração que seu fluxo de caixa estará menor em determinada época do ano e isso, por sua vez, pode acabar te obrigando a recorrer a outras fontes de recursos, nas quais uma alta taxa de juros será despendida.

Reavalie seus fornecedores

O mercado não está difícil apenas para você: inúmeras empresas também estão passando por dificuldades. Diante disso, pesquise uma possível troca de fornecedores, veja quais benefícios possíveis novos parceiros estão dispostos a lhe oferecer para tê-lo como cliente, ou também quais benefícios o seu atual fornecedor está disposto a dar para não perdê-lo.

Outra dica interessante é buscar por parcerias até mesmo com concorrentes, pois dessa forma vocês demandariam quantidades maiores junto aos seus fornecedores e, assim, teriam maior poder para barganhar preço, além de reduzir custos de logística para ambos.

Garanta que toda a sua equipe também esteja empenhada nesse objetivo

De nada adianta você empenhar-se nesse processo de redução de gastos se toda sua equipe de funcionários não embarcar nessa ideia com você. Coloque seus colaboradores a par da situação e envolva-os na ideia de reduzir custos até mesmo nas coisas mais básicas, como trocar documentos impressos por documentos digitais, aproveitar melhor a luz natural e não deixar aparelhos em stand by ao final do dia.

Artigos Relacionados