Contabilista: como escolher um para sua empresa

por Equipe QuickBooks

4 minutos de leitura

Encontrar o contabilista certo pode fazer toda a diferença para sua pequena empresa. Um contabilista excelente pode ter um impacto positivo sobre como você percebe os aspectos financeiros do seu negócio. Ele pode também cuidar de inúmeros detalhes enquanto você se preocupa com a administração e o desenvolvimento da empresa.

Quando o assunto é experiência e conhecimento, há contabilistas de todos os tipos. A maioria não tem certificações formais ou formação universitária. Confira a seguir algumas dicas que podem ajudar você a encontrar um contabilista qualificado — assim como um que tenha uma personalidade adequada ao seu negócio.

Nível e áreas de experiência em contabilidade

Alguns contabilistas têm experiência no mundo corporativo, onde geralmente eles se especializam em algo, como correspondência e processamento de transações a pagar e contas. Outros contabilistas têm experiência em manter livros contábeis para pequenas empresas e experiência em todas as áreas da contabilidade.

Faça a seguinte pergunta ao seu possível contabilista para saber qual é a experiência dele:

“Há quanto tempo você trabalha com contabilidade e com quais tipos de cliente você já atuou?”

Além disso, descubra se ele já teve clientes semelhantes ou foi simplesmente um funcionário em uma organização similar. É desejável que ele já tenha trabalhado com vários clientes em diferentes setores, incluindo o da sua pequena empresa, pois isso indica que ele tem experiência com problemas com os quais você provavelmente vai se deparar. A experiência no setor é, sem dúvida, uma vantagem porque indica que ele tem o nível de experiência de que você precisa.

Conhecimento de tecnologias

Os melhores contabilistas têm sólidos conhecimentos de tecnologia, e uma das perguntas que você precisa fazer é se eles têm experiência com o software financeiro de sua preferência:

“Meu software financeiro é ______. Você tem certificação ou experiência com esse software? Com qual linha e versão do software você tem experiência?”

Investigue mais profundamente perguntando qual versão e linha do software ele conhece. O QuickBooks, por exemplo, tem diferentes linhas importantes. Além disso, talvez uma nova versão seja lançada a cada ano. Portanto, se ele estiver trabalhando com uma versão lançada há três anos, talvez não esteja familiarizado com alguns dos novos recursos da versão mais recente. Para garantir que ele é capaz de lidar com o software de sua preferência, não se esqueça de perguntar:

“O que você faz para se manter atualizado em contabilidade e tecnologia?”

Pergunte também como ele acompanha as novas soluções de tecnologia do setor, bem como sobre cursos profissionais ou de treinamento dos quais ele esteja participando.

Personalidade

Ao fazer as perguntas acima ao seu possível contador, ele naturalmente mostrará a própria personalidade. O que seu instinto diz sobre trabalhar com essa pessoa? Confie nos seus instintos ao avaliar se a personalidade do candidato combina com você.

Além disso, pergunte a si mesmo se o estilo de comunicação dele agrada a você. Ele explica bem tudo? Você conseguiu compreendê-lo? Acredita que pode confiar seus livros a ele? É necessário fazer todas essas perguntas antes de tomar uma decisão.

O lado comercial

Alguns contabilistas investem no desenvolvimento de seus negócios e criam processos que facilitam o trabalho com eles. Outros simplesmente aparecem e esperam você dizer o que eles devem fazer. Tenha uma ideia de quão bem estabelecidos e profissionais eles são perguntando:

“Você tem um processo ao trabalhar com os livros contábeis todos os meses?”

Se ele não adotar um processo bem definido, isso significa que não dispõe de muitos controles na prática. Os contabilistas devem ter pelo menos uma lista de verificação dos itens com a qual eles trabalhem todos os meses, mesmo no caso de clientes com os quais trabalham há décadas. Avalie melhor como ele trabalha com uma pergunta ponderada. Por exemplo:

“Quais opções de pagamento você aceita?”

Trata-se de uma conveniência para você, é claro, mas isso também indica se o contabilista desenvolveu processos na própria empresa. Quanto maior for o controle do contabilista sobre o próprio negócio, mais você poderá confiar nele para ajudar sua empresa. Continue sua investigação com uma pergunta sobre o comprometimento dele com suas necessidades. Pergunte:

“Com que frequência minha conta será atendida? E se eu tiver uma emergência?”

Quanto mais sua conta exigir, mais provavelmente você terá de pagar. No entanto, isso também indica que o serviço oferecerá mais apoio e eficiência.

Por fim, verifique se o serviço cabe no seu orçamento com a pergunta mais importante:

“Como e quanto você cobra?”

As taxas devem ser discutidas o quanto antes para que não haja nenhuma expectativa incompatível. Hoje, cerca de metade de todos os contabilistas cobra uma taxa fixa e a outra metade cobra por hora. Alguns contabilistas estão começando a oferecer pacotes, que podem incluir software, taxas de tecnologia, contabilidade e outros serviços de que você precisa. Pergunte sobre as opções de preço para verificar qual delas é adequada ao seu orçamento.

Pesquise

O contabilista é parte essencial de uma pequena empresa em expansão, mas contratar o profissional errado pode prejudicar suas operações e absorver um fluxo de caixa extremamente necessário. Faça uma pesquisa criteriosa para garantir que seu novo contabilista é o profissional certo.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados