5 áreas onde seu contador pode ficar abaixo das expectativas

por Equipe QuickBooks

4 minutos de leitura

Muitos pequenos empresários contam com um contador para ajudá-los a gerenciar as finanças, o que permite que eles se concentrem em questões mais importantes, como impulsionar a receita e o crescimento. Os contadores também permitem que os empreendedores tenham confiança nas operações da empresa, como mostra um estudo conduzido pela Galaxy Research, patrocinado pela Intuit, que concluiu que pequenos empresários com um contador têm duas vezes mais chances de se sentirem bem-sucedidos.

Quase todos os contadores são excelentes em ajudar pequenos empresários com problemas de conformidade, como impostos, escrituração e folha de pagamento. Muitos são também proficientes em tecnologias e ajudam os empresários com sistemas financeiros, como o QuickBooks. E alguns contadores modernos se tornaram verdadeiros consultores de negócios para seus clientes donos de pequenas empresas.

No entanto, simplesmente contratar um contador nem sempre é a resposta quando se está procurando por soluções relacionadas às métricas e às finanças do seu negócio. Veja a seguir cinco áreas da sua empresa de que seu contador talvez não cuide, mas que nunca devem ser negligenciadas.

1 – Problemas de conformidade não cobertos pelo termo de compromisso do contador

Se você contratar um contador para preparar seus impostos, o escopo do termo de compromisso é limitado à preparação da declaração desses impostos, mas você talvez tenha outras exigências tributárias. Problemas decorrentes de impostos sobre vendas e folha de pagamento podem passar despercebidos se você não especificar no contrato inicial que seu contador deve cuidar dessas áreas.

Além disso, um contador talvez não compreenda problemas relacionados a obrigações de impostos sobre vendas, especialmente se ele trabalhar apenas com o que foi registrado no passado. Leis estaduais sofrem alterações, e contadores especializados em riscos relacionados a impostos sobre vendas devem ser consultados regularmente para ajudar você a implementar as alterações necessárias.

2 – Métricas de marketing

Quando se trata de tomar decisões para sua pequena empresa, alguns dos números mais importantes são relacionados ao desempenho do marketing.

Você sabe quanto custa para conquistar um novo cliente? Se não souber, você não está sozinho, e seu contador ou analista deve ajudar a descobrir. Caso contrário, você talvez esteja desperdiçando dados importantes sobre o mercado, o que provavelmente terá um impacto negativo em seus esforços de marketing.

3 – Gastos excessivos

Você está gastando demais no seu negócio? Muitos contadores comentam que eles se deparam com livros contábeis cheios de despesas irrelevantes do proprietário da empresa, mas que eles não se atrevem a dizer algo.

Por quê? Provavelmente porque seu contador não acha que seja papel dele dizer a você como gerenciar sua empresa. Por isso, é importante estimular uma relação transparente e honesta com seu contador. Afinal de contas, bons contadores são verdadeiros consultores de negócios, e você deve estar aberto a receber quaisquer aconselhamentos que possam ser úteis em seu caminho para o sucesso.

4 – Preços

A maneira como você define o preço de seus produtos e serviços pode levar ao crescimento ou à falência da sua empresa. É preciso entender os números. E é necessário saber qual é a margem de lucro típica de seu setor e se você está acima ou abaixo da média. Por isso, não se esqueça de encontrar um contador com uma boa experiência em contabilidade de custos para ajudar você a entender qual é a sua margem de lucro e como é possível melhorá-la.

5 – Quanto vale o seu tempo

Quantas horas você investe na sua empresa? Quanto dinheiro você ganha com ela? É muito simples calcular o valor da hora de trabalho, mas muitos contadores nem sempre pensam dessa maneira. Eles também podem achar que você não deseja saber, especialmente se estiver nos primeiros anos da empresa e trabalhando muito.

No entanto, é importante saber o valor do seu tempo. Isso permite que você sempre se esforce para aumentar o valor da sua hora de trabalho realizando tarefas com um retorno maior e delegando tarefas de baixo valor. Dessa maneira, você concederá a si mesmo um aumento contínuo ao longo do tempo. Conhecer o valor do próprio trabalho e do seu tempo ajudará você a aumentá-lo.

Agora é hora de refletir. De quais áreas acima seu contador cuida? Caso não tenha certeza, não pressuponha. Converse com seu contador e descubra como ele pode ajudar você ainda mais. Lembre-se de que é importante dar abertura e ser franco com seus consultores para obter ajuda em áreas nas quais realmente precisa e que você pode negligenciar. Obter ajuda nessas áreas pode ser um fator de transformação na sua empresa.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.

Artigos Relacionados