Afinal, por onde começo o meu planejamento financeiro?

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Ao tomar a decisão de abrir um negócio, é comum que o empreendedor fique um pouco confuso com a quantidade de informações a serem levantadas e organizadas. Preocupações que vão desde o tipo de empresa a ser aberta até o dinheiro necessário para começar a operação podem fazer com que o empresário perca noites preciosas de sono.

O planejamento financeiro é uma das tarefas que podem gerar dúvidas nesse momento. Seu objetivo é estimar e planejar investimentos, custos e receitas para garantir a lucratividade e evitar surpresas no futuro.

Apesar dessa tarefa ser realmente importante e exigir grande esforço e dedicação, ela será bem mais fácil caso o empresário se prepare com antecedência. Nesse caso, você pode usar o ZeroPaper para te ajudar a planejar.

 O que vender?

Ao fazer o planejamento financeiro, um dos pontos de partida é definir claramente a área de atuação da empresa, ou seja, saber quais produtos e serviços serão oferecidos, para quais clientes e quem são os seus possíveis concorrentes.

Imagine as diferenças existentes no planejamento de uma pequena fábrica (que exigirá investimentos em diversos maquinários, por exemplo) e de um negócio que pode operar somente em um escritório.

Sua empresa precisa fazer uma análise mais detalhada do mercado em que quer se inserir, possibilitando previsões mais realistas de investimentos, custos e receitas para o planejamento financeiro.

Esforço inicial

O investimento necessário para colocar o negócio em operação pode ser alto para muitas empresas. Por isso, é preciso calculá-lo com cuidado, levando em conta aluguel ou compra de espaço físico, compra ou locação de equipamentos, desenvolvimento de produtos e protótipos, entre outros.

Também é preciso prever os custos operacionais que irão se apresentar desde o início, como matéria-prima, distribuição dos produtos e mão de obra.

Com essas informações, sua empresa poderá fazer um fluxo de caixa projetado para os meses e anos seguintes, tendo uma visão abrangente de como lidar com as entradas e saídas financeiras, conseguindo assim honrar seus pagamentos devidos e planejar o futuro.

Precificando

Durante o planejamento financeiro, é preciso saber qual preço sua empresa irá cobrar para os produtos e serviços oferecidos. Essa informação é fundamental para as projeções de vendas e os resultados esperados.

Lembre-se que o preço deve levar em conta não somente o custo necessário para produzir ou entregar um produto ou serviço, mas também o lucro esperado, a retirada dos sócios, as comissões devidas a vendedores, entre outros.

A pesquisa da concorrência pode ser uma boa referência para a precificação, mas lembre-se que o valor praticado por outra empresa pode não ser suficiente para que a sua obtenha lucratividade.

Do pessimista ao otimista

Nem sempre nossos planos acontecem da forma como esperávamos. Pensando nisso, lembre-se de fazer um planejamento financeiro que leve em conta cenários pessimistas, realistas e otimistas para as vendas.

Dessa forma, sua empresa já saberá os caminhos a seguir, quando os imprevistos acontecerem.

Conseguindo recursos

Ao finalizar o planejamento financeiro, pode ser que você chegue à conclusão de que não possui o capital necessário para abrir e operar o negócio. Mas fique tranquilo: muitos empreendedores começaram sua primeira empresa com o capital de terceiros.

Para fazer o mesmo, primeiro é preciso se certificar que o plano de negócios está robusto, com informações confiáveis e projeções bem feitas. Além disso, é preciso calcular indicadores de resultado que ajudem os investidores a tomarem decisão, como lucratividade, rentabilidade e retorno sobre investimento.

Com isso, sua empresa poderá buscar alternativas como empréstimos bancários, incubadoras, investidores-anjo, agências de fomento, entre outros.

Garantir o sucesso de uma empresa com um planejamento financeiro bem feito pode ser uma tarefa mais simples quando o empreendedor conta com tecnologias que o apoiem.

Acesse o site do ZeroPaper e veja como nossas soluções podem ajudá-lo a começar seu negócio.

Artigos Relacionados