Conheça os 4 tipos de de Nota Fiscal Eletrônica

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

O mundo vive uma forte tendência de modernizar os seus processos e quando pensamos em notas fiscais a coisa não muda de figura. Boa parte das empresas já começou a adotar o modelo eletrônico, deixando a versão em papel de lado e ficando em dia com a onda de investimentos em tecnologia.

Para muitas pessoas isso já é uma realidade, mas se você ainda não entende muito sobre o tema, esse post é para você. Nele vamos mostrar quais são os tipos de nota fiscal eletrônica e explicar um pouco sobre cada uma delas. Confira!

NF-e

Versão digital mais comum, a nota fiscal eletrônica é utilizada para a venda de produtos que sofrem cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Ela substitui o modelo tradicional e sua validação é garantida pela assinatura digital do emissor e pela autorização da Secretaria da Fazenda do Estado da empresa.

LEIA TAMBÉM: Veja 7 dicas para quitar suas dívidas

NFS-e

A NFS-e é a nota fiscal eletrônica relacionada a serviços e seu processamento é um pouco diferente da NF-e. Ela foi criada, na verdade, com o intuito de substituir a Declaração de Serviço, que por sua vez está relacionada à cobrança do ISS (Imposto sobre Serviços).

Existem algumas peculiaridades na NFS-e, como impostos fixados por cidade, com um código fornecido pela prefeitura. Cada NFS-e também se refere a um determinado serviço e ela deve ser guardada e validada pela empresa que a emitiu em formato XML. Seu prazo de arquivamento é de 5 anos após ser emitida.

CT-e

O CT-e é um arquivo digital criado em 2012 e voltado para a documentação de prestação de transporte rodoviário de carga. Como é muito importante para a economia brasileira, esse tipo de serviço demanda uma fatura específica, com processamento mais veloz.

Ele implica na redução dos custos de frete e na menor chance de discrepâncias entre as notas e os produtos trasportados por cada veículo, já que o CT-e tem o objetivo de eliminar ou reduzir o número de pagamentos e faturas duplicadas. Sua veracidade e autenticidade são comprovadas pela Assinatura Digital do vendedor e pela permissão fornecida pela SEFAZ.

LEIA MAIS: Veja com uma boa gestão tributária pode ajudar sua empresa

NFC-e

A NFC-e tem como intuito facilitar o controle fiscal por parte do governo ao mesmo tempo em que traz vantagens para os empreendedores, tais como a redução de gastos e a maior agilidade. Ela é um documento legal que comprova que o comprador adquiriu determinado produto ou serviço e confirma os custos reais dessa transação para efeitos de ordem fiscal.

As notas fiscais eletrônicas já são uma realidade e a tendência é que dominem o mercado, relegando as notas impressas a um papel secundário. Se a sua empresa ainda não adotou esse sistema, pense se não é o momento de se adaptar à tecnologia e aproveitar as vantagens de modernizar o seu negócio!

O QuickBooks ZeroPaper tem emissão de Nota Fiscal Eletrônica de serviços para São Paulo Capital e Brasília. Se você tem empresa de serviços nessas cidades, conheça o serviço.

Artigos Relacionados