4 empresários de sucesso que começaram como MEI

9
SHARES

Ao vermos um milionário bem-sucedido desfilando por aí em ternos bem alinhados e carros impressionantes, tendemos a achar que eles já nasceram assim e não tiveram que lutar por nada. Porém, isso é uma tremenda inverdade e, em uma análise mais aprofundada, vemos que até alguns dos mais elegantes e promissores empresários começaram lá embaixo, como MEI (microempresários individuais). São histórias diferentes e inspiradoras, mas com algumas atitudes inteligentes em comum que podem nos dar verdadeiras lições em como prosperar. E então, está curioso? Leia o texto a seguir e descubra os mais incríveis empresários de sucesso que começaram como MEI.

Rolim Amaro
Também conhecido como “Comandante Rolim”, ele detém hoje um verdadeiro império do mundo da aviação. Seu começo foi ainda muito jovem, na região de Catanduva, em São Paulo. Ele fazia curso de contabilidade, mas resolveu desistir para realizar seu maior sonho: pilotar aviões! No entanto, a formação como piloto era cara e para conquistar seu brevê, ele precisou trabalhar como mecânico de automóveis, limpador de aviões e até taxista. Eis uma lição importante: quando temos um objetivo em mente, não devemos nos prender a detalhes nem nos envergonhar da posição que ocuparemos. Porém, logo aos 18 anos ele se formou e virou piloto de táxi-aéreo em uma empresa de aviões Cessna, popularmente conhecidos como “teco-tecos”. E então a visão genial como
empresário deu as caras: depois de juntar ao máximo seu dinheiro, Amaro comprou a pequena companhia e com muito senso de oportunidade a transformou na TAM, maior companhia aérea do Brasil.

Edson Bueno
Hoje bilionário, Edson começou a vida de forma bem humilde. É um belo exemplo de superação saber que o hoje bem sucedido empresário iniciou como um simples engraxate, na cidade de Guarantã, interior de São Paulo. Filho de mãe dona de casa e pai caminhoneiro, seu grande diferencial foi investir tudo que pode na sua educação. Assim, pode se diferenciar e buscar voos mais longos. Com esse senso de esforço ele ficou bilionário: fundou a Amil e em 2014 se tornou o maior controlador do grupo Dasa.

Lírio Parisotto
Lírio nasceu pobre no interior do Rio Grande do Sul, em uma família de agricultores. Frequentava a escola descalço e ajudava a família na roça. Talvez seu grande diferencial tenha sido não se limitar à sua realidade: ele não queria ser apenas um agricultor. Com muito esforço, destacou-se na escola e passou no rigoroso vestibular de medicina, tornando-se doutor em uma universidade pública. Porém, mais uma vez ele resolveu sair do planejado e seguir seus instintos: sua fortuna veio da criação de uma das maiores fábricas de CD e DVD no Brasil, além de investir na Bolsa de Valores.

Marco Franzato
Começou no interior do Paraná como bóia fria, junto ao seu pai. Depois de muito tempo colhendo café, uma grande geada destruiu as lavouras da região. No entanto, essa realidade não fez com que ele sonhasse baixo: ele acabou conseguindo um emprego em um escritório de contabilidade de um conhecido e resolveu investir nos estudos. E foi a instrução que buscou que fez com que ele pudesse alçar vôos maiores: com sua esposa e amigos, abriu uma pequena confecção e assim teve início o Morena Rosa, detentor de quatro marcas e faturamento de mais de 200 milhões de reais por ano.

Esses são alguns dos exemplos mais inspiradores de pessoas que começaram de baixo, mas atingiram o sucesso através de inteligência e perseverança. Se aconteceu com eles, porque não pode acontecer com você? Siga os passos certos e conquiste sua fortuna!