Como criar um guia de estilo para sua empresa

por Equipe QuickBooks

6 minutos de leitura

Cada empresa tem seu próprio estilo. Os guias de estilo ajudam a manter a consistência em todo o seu site e marketing. O guia de estilo de uma empresa é um resumo de como apresentar e promover sua empresa e de como construir sua marca.

O guia incentiva a consistência na escrita e no design, o que oferece uma ideia unificada e conectada da identidade da sua empresa. Ele oferece aos funcionários e clientes uma compreensão comum sobre a aparência e a personalidade da sua empresa. Nas empresas, o guia de estilo é muitas vezes chamado de a “Bíblia da marca”.

Este guia descreve o processo do que incluir no guia de estilo e de como implementar seu uso na sua empresa.

O que incluir

Um guia de estilo inclui não somente a preferência de fontes, cores e logotipos da sua empresa, mas também diretrizes para a escrita e o design de tudo o que sua empresa faz, incluindo sites, cartões de visita, anúncios, mídias sociais e muito mais. Talvez você já tenha alguns dos elementos de um guia de estilo, como um logotipo da empresa ou fontes preferenciais que todos usam, mas outros itens podem precisar ser desenvolvidos durante a criação do guia.

Considere incluir diretrizes para estes itens:

  • Um guia de estilo editorial: Decida se deseja usar os guias de estilo de grandes publicações, que podem ser encontrados na web. Esses guias listam padrões geralmente aceitos por todos que escrevem peças publicitárias, comunicados à imprensa, postagens em blog, atualizações de mídias sociais e muito mais. Quando todos na empresa seguem o mesmo guia de escrita, é mais provável que o conteúdo seja claro, consistente e de fácil compreensão. O guia de estilo abrange questões como o uso da vírgula, a escrita de numerais e de listas, o uso das aspas, a estrutura adequada das frases etc.
  • Logotipos: Isso inclui o tamanho do logotipo, as cores e o espaço em branco adequado em volta do logotipo. Além disso, não se esqueça de fornecer detalhes sobre como e onde o logotipo pode e deve ser usado para fins de marketing. Muitas empresas optam por criar versões menores do seu logotipo (como este widget do Facebook) ou um mascote ou uma forma para acompanhar o logotipo ou para representar sua empresa por conta própria (por exemplo, o pássaro do Twitter).
  • Fontes: Inclua o peso (espessura), os nomes e os tamanhos das fontes para fins diferentes. A maioria das empresas tem duas ou três fontes que se complementam. Se não tiver certeza sobre quais fontes usar, você pode consultar um designer gráfico com experiência em tipografia ou pesquisar em blogs de tipografia. Não se esqueça de criar diretrizes para meios impressos e digitais.
  • Cores: Uma paleta de cores detalhada também deve estar presente. Isso pode incluir valores RGB e CMYK para cada cor para garantir a precisão de seus designers. Para ajudar você a determinar uma paleta de cores atraente, consulte um designer ou pesquise recursos de paleta de cores como este.
  • Palavras e slogans: As descrições comuns e a missão da empresa devem ser explicadas cuidadosamente, para que os redatores e os responsáveis pelas mídias sociais não se esqueçam de manter uma mensagem consistente. Se a empresa tiver um slogan, você deve indicar quando, onde e como o slogan deve ser usado.
  • Layout dos materiais: Pode ser uma boa ideia especificar o layout do papel timbrado, cartões de visita e outros materiais de marketing da sua empresa (como folhetos, boletins etc.).
  • Layout e design do site: Defina o layout do seu site e das contas de mídias sociais, descrevendo qualquer elemento que deve aparecer de forma consistente em todo o conteúdo. Não se esqueça de incluir as diretrizes e o tom para as mídias sociais, pois essa voz pode ser mais casual e informal que o restante do seu marketing.
  • Diretrizes de imagens: Seu guia deve especificar quais imagens podem e devem ser usadas, como fotos ou cliparts específicos, e instruções sobre como reunir essas imagens. Algumas empresas preferem usar somente ilustrações, enquanto outras são mais voltadas para fotos. Qual é o estilo buscado pela sua empresa?

Seleção e criação de elementos do guia de estilo

A seleção das especificações para os elementos listados acima pode ser difícil. Ao criar seu guia de estilo e tentar definir as regras de escrita e design, estas dicas podem ajudar:

  • Se já tiver um estilo em mente, basta escolher o que prefere. Você pode gostar da aparência de algumas fontes ou se identificar com determinadas cores. Isso é motivo suficiente para conectá-los à sua marca, desde que a consistência seja mantida.
  • Escolha aquilo com que está familiarizado. Os redatores podem já conhecer certo estilo editorial e ensinar algumas das suas diretrizes com facilidade a outros na empresa.
  • Faça alterações em guias existentes. Encontre um guia de estilo existente de uma empresa que admira e altere-o para corresponder à personalidade da sua empresa.
  • Desenvolva o guia conforme o crescimento e as mudanças. O guia não precisa ser inalterável. Conforme o crescimento e as mudanças da sua empresa, seu plano de marketing e sua marca passarão por alterações. Seja flexível.
  • Mantenha o guia breve, quatro páginas ou menos. Isso é fácil se você não tentar ensinar aos seus funcionários o que já sabem, como gramática básica. Basta descrever o que prefere para cada item. O guia certamente pode ser um pouco mais extenso, mas a concisão incentiva as pessoas a realmente ler o material e facilita a busca por informações. O guia deve ser usado como referência pelos funcionários ou prestadores de serviços, não como um treinamento ou dispositivo de aprendizagem.
  • Inclua itens ou problemas comuns que aparecem regularmente, como preferências de nome de clientes ou a capitalização de certas palavras do seu slogan.
  • Confira o curso sobre “Design para empreendedores” (em inglês) para obter mais informações e orientações sobre como escolher e criar elementos de design para o seu guia de estilo, bem como este curso sobre “Escrita e gramática empresarial” (em inglês) para refinar suas metas editoriais e de redação.

Como usar

A aplicação de um guia de estilo requer algumas etapas simples para garantir seu sucesso. É recomendado:

  • Tenha um administrador do guia de estilo. Essa pessoa deve conhecer bem o guia e ser capaz de editar ou supervisionar elementos de design geral.
  • Imprima e distribua cópias do guia de estilo para todos na empresa e tenha uma cópia em uma unidade compartilhada, como o Google Docs ou a rede da empresa. Garanta a facilidade de acesso, para que as pessoas possam encontrar com rapidez as respostas para as suas dúvidas.
  • Atualize regularmente e inclua uma “data de atualização” em cada versão.
  • Envolva a todos e certifique-se de que eles tenham acesso ao guia e conheçam detalhes e itens comuns.
  • Inclua exemplos e ilustrações para assegurar que todos entendam qual deve ser a aparência das fontes, imagens e cores.
  • Seja específico, mas não limite a criatividade. Se o guia for muito detalhado, ele pode dificultar a elaboração de bons materiais ou designs pelos seus funcionários.

Artigos Relacionados