Intuit comemora 2 anos no Brasil e revela os próximos planos

por Equipe QuickBooks

4 minutos de leitura

A Intuit está comemorando dois anos em solo brasileiro, e o Startupi foi visitar a sede da empresa e falar com André Macedo, country manager da companhia no Brasil, para sabermos o que mudou de lá para cá.

Para começar, a equipe cresceu. E muito! Quando a Intuit se instalou no prédio que ocupa até agora, em Pinheiros, zona Oeste da cidade, haviam apenas 10 pessoas: quase todos da ZeroPaper, startup brasileira adquirida pela multinacional de software.
Atualmente, a empresa tem cerca de 50 pessoas trabalhando na sede de São Paulo, entre os colaboradores fixos e os terceirizados. Hoje, a empresa tem 10 vagas de emprego abertas. Com o crescimento da equipe, nasce também a possibilidade de ocuparem uma nova sede ainda maior.

A ZeroPaper era uma startup que tinha meio milhão de clientes quando foi adquirida pela Intuit, em 2015. A linguagem da tecnologia com que a startup foi escrita, entretanto, ainda é diferente da linguagem dos softwares da Intuit. O que significa que até agora, o foco da empresa tem sido unificar estas duas tecnologias. “Todos os produtos da Intuit funcionam para o usuário com o mesmo login e senha, com exceção do ZeroPaper. Agora nós estamos refazendo o Zeropaper. Ele vai passar a utilizar tecnologia Intuit”, explica André.

22/09/2016 -RETRATOS INTUITFoto: Eduardo Lopes / Imagem Paulista

Estes dois anos têm sido excelentes para a Intuit como um todo. Em 2016 a empresa foi eleita uma das mais seguras e admiradas do mundo, além de ser também uma das mais inovadoras. “Estes dois primeiros anos no Brasil foram de startup, no sentido de que estávamos ‘azeitando’ a fundação da companhia aqui, lançando produtos, testando, incorporando a ZeroPaper 100% e preparando-a. Agora, daqui pra frente, estamos nos preparando para crescer”, diz o country manager, também fundador da ZeroPaper.

Hoje a Intuit já está chegando à marca de dois milhões de usuários em território nacional. “Quando esta etapa de integração estiver completa, poderemos dizer que temos uma gama de produtos forte e consistente para atacar o mercado e atender quem quer que seja, seja micro e pequena empresa, MEI, autônomo. Todos eles estarão bem servidos com as nossas soluções até o meio do ano”, explica. Estima-se que a integração completa entre ZeroPaper e os demais softwares da companhia seja finalizada em agosto.

Além disso, a empresa trouxe, neste tempo, um grande nome do Google para integrar o grande escalão do time que compõe a Inuit. Atualmente Lucas Watson é vice-presidente sênior de marketing global da empresa. Em 2016, a Intuit teve o melhor desempenho da sua história em 33 anos.

Clientes

O mais difícil de você ser uma empresa global é você localizar as pequenas coisas no País. E nós como somos o último país onde a empresa entrou, temos a vantagem de aproveitar tudo o que a Intuit aprendeu pelo mundo. Por isso, a Intuit nos incentiva a ter um contato frequente com os clientes para entendermos qual é o last mile de cada um dos nossos produtos”, explica André.

Para atender esta demanda, os produtos da companhia foram personalizados para atenderem as necessidades específicas das empresas brasileiras, como boletos e Nota Fiscal Eletrônica. Hoje há um programa em funcionamento na empresa, chamado Intimance Costumer, que leva semanalmente clientes para a sede da empresa, de vários perfis diferentes, para dar feedback sobre as soluções da companhia. Todos os funcionários da empresa são convidados a participar destes encontros. Os clientes também podem aplicar para testarem algum software da Intuit.

André diz que parte da estratégia da empresa é dar fluidez para os negócios de seus clientes. “Eu preciso que eles prosperem, então damos ferramentas para que eles enxerguem como está andando o negócio deles e também provemos soluções e facilidades para que eles tenham estas informações.” E parte disso é a Nota Fiscal Eletrônica, e para emiti-la é preciso um certificado digital. De acordo com ele, muitos pequenos empresários ainda não sabem como funciona ou onde pode ser adquirida.
Por isso eles procuraram a parceria com a Serasa, maior player brasileiro de análises e informações para decisões de crédito. Assim, a empresa consegue oferecer o certificado digital muito mais barato e com uma grande referência do segmento no Brasil. Hoje é possível comprar o certificado pelo site da Intuit e retirá-lo em um posto da Serasa.

22/09/2016 -RETRATOS INTUITFoto: Eduardo Lopes / Imagem Paulista

Startups

De acordo com André, a Intuit tem uma área inteira que fica de olho em todos os mercados, em busca de empresas que possam agregar ao portfólio da companhia. “Temos muitos parceiros, e nada impede que possamos adquirir um parceiro ou outra empresa que tenha um produto ou serviço que faça sentido para dentro da Intuit. Lá fora é muito mais comum estas operações que aqui no Brasil, mas não descartamos esta hipótese”, afirma.

Sobre o mercado para startups de fintechs e gerenciamento financeiro, André disse que o Brasil ainda é um campo fértil e virgem para elas. “Existe oportunidade para tudo! Recentemente, na praia, vi uma pessoa alugando pranchas com nada além de uma maquininha de cartão. Que controle uma pessoa dessas, que é um pequeno negócio, tem? Nenhum! Quem está resolvendo este tipo de problema? Temos aí um oceano de oportunidades”, explica.

O que falta para este cenário mudar, ele diz, são bons profissionais com bons projetos para ocupar estes mercados. “Muitas vezes o projeto nem é tão bom, mas se as pessoas são, isso vai dar certo. E é o que estes mercados precisam: bons empreendedores fazendo dar certo. E isso o Brasil tem”, finaliza.

 

Essa matéria foi originalmente publicada no Startupi, por Marystela Barbosa: https://startupi.com.br/2017/02/intuit-comemora-dois-anos-no-brasil-e-revela-quais-sao-os-proximos-planos/ 

Artigos Relacionados