Intuit está na 13º posição na lista de “Melhores empresas” da revista Fortune

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

A Intuit mudou consideravelmente desde 2002. Tínhamos 6.500 funcionários em quatro países. Os softwares para desktop dominavam a linha de produtos. A receita anual era de US$ 1,4 bilhão. E o logotipo da empresa era vermelho.
Avancemos para 2017. Cerca de 7.900 funcionários da Intuit trabalham em 11 países. Os softwares para desktop foram substituídos pela nuvem e por dispositivos móveis e on-line. As receitas somam US$ 4,7 bilhões. E um logotipo azul mais pessoal, com letras “T” que lembram pessoas, substituiu o símbolo original.
Mas uma coisa não mudou: a presença constante da Intuit na lista americana de “Melhores empresas para trabalhar” da revista Fortune.
A Intuit obteve a 13ª colocação na lista da Fortune, subindo 21 posições e atingindo a meta do Presidente e CEO Brad Smith de ficar entre as 25 mais bem colocadas neste ano. Esse fato marca a 16ª vez consecutiva que a empresa figura na lista e a segunda melhor colocação da sua história. Somente outra empresa de tecnologia do Vale do Silício, a Cisco, esteve na lista por tanto ou mais tempo.
“Isso mostra que despontamos entre os melhores em uma região e um setor de atividade altamente competitivos”, afirmou Smith. “Ao longo dos anos, observamos enormes mudanças na tecnologia e na sociedade. Sempre nos adaptamos a elas, e esse reconhecimento contínuo da Fortune mostra que podemos fazer isso sem esquecer quem somos. Essa classificação tem um significado especial porque é feita majoritariamente com base em respostas dos nossos funcionários, que são quem melhor nos conhecem.”
Como fomos avaliados
Para identificar as 100 melhores empresas para se trabalhar, o instituto Great Place to Work fez pesquisas com funcionários de centenas de empresas concorrendo a esse reconhecimento. Dois terços da classificação final de uma empresa são feitos com base em resultados dessas pesquisas, que revelam a opinião dos funcionários sobre a credibilidade do gerenciamento, a satisfação geral com o trabalho e a camaradagem. O outro terço é feito com base em uma auditoria cultural por escrito, na qual as empresas respondem a perguntas sobre pagamentos e benefícios, diversidade, comunicação e filantropia.
Ainda que seja importante considerar os benefícios, a avaliação vai além e analisa itens como almoços gratuitos e creche no local de trabalho.
“Esse prêmio é baseado na experiência geral no local de trabalho, não apenas em uma área específica. E é isso que o torna único”, afirmou Sherry Whiteley, Vice-presidente Executivo de Recursos Humanos. “O fato de figurarmos consistentemente nessa lista mostra ao mundo que somos um ótimo lugar para trabalhar e nos ajuda a manter e atrair grandes talentos.”
O feedback obtido por meio do processo de aplicação também ajuda na comparação da Intuit com outras empresas, apontando seus pontos fortes, como também o que pode ser melhorado.
“O reconhecimento recebido da Fortune e de outros é, ao mesmo tempo, gratificante e importante, mas isso não determina como tomamos decisões”, disse Smith. “Fazemos isso com base no que é melhor para funcionários, clientes, parceiros e acionistas. Nosso reconhecimento contínuo demonstra que estamos tomando atitudes corretas pelos motivos certos.”

Artigos Relacionados