Como fazer análise de concorrência

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Um obstáculo entre você e seu objetivo de ter a maior participação de mercado – e receita – possível são seus concorrentes. Quando você entende bem como eles operam, isso ajuda a desenvolver melhores estratégias de marketing, identificar áreas geográficas e linhas de produtos mal-atendidas, planejar futuras expansões e identificar os pontos fracos dos concorrentes para impulsionar os seus pontos fortes. Confira este plano em cinco etapas para criar uma análise da concorrência sobre seus principais concorrentes.

  1. Identifique e delimite seus principais concorrentes

Primeiro, será necessário criar uma lista de todos os concorrentes na sua região. Assim, será possível identificar aqueles que mais ameaçam suas vendas. Procure por concorrentes óbvios, como uma loja na mesma rua, assim como por empresas que vendem os mesmos produtos ou serviços que você, mas isso é somente uma parte do que eles oferecem. Por exemplo, se você tiver uma padaria, todas as outras padarias na sua região entrariam na lista, assim como a mercearia da esquina, que tem um departamento de panificação muito bom. Agora restrinja essa lista aos três a cinco concorrentes para os quais você acha que está perdendo mais vendas.

  1. Colete informações

Agora que você identificou os concorrentes que representam a maior ameaça para suas vendas, é necessário coletar a maior quantidade de informações possível sobre eles. Há três maneiras de fazer isso.

  • Colete informações de artigos de jornais, comunicados de imprensa, folhetos, sites da empresa, cópias das apresentações, discursos e relatórios anuais, se forem uma empresa pública, para saber mais sobre seus lucros e produtos. Torne o monitoramento dessas informações mais fácil usando serviços como Alertas do Google e Talkwalker.
  • Monitore informações que você pode observar facilmente, por exemplo, preços nas lojas, promoções, atividades em mídias sociais, comentários de clientes, qualidade dos produtos, postagens em blogs e campanhas publicitárias. Experimente serviços como Prisync para monitorar facilmente os preços on-line de seus concorrentes.
  • Converse com pessoas familiarizadas com a concorrência, como fornecedores e distribuidores em comum, representantes de vendas da empresa em feiras, clientes em comum ou ex-clientes e ex-funcionários.
  1. Defina sua vantagem competitiva

Em seguida, será necessário identificar quais vantagens você tem sobre seus principais concorrentes. Por exemplo, talvez seu fluxo de caixa seja mais saudável do que o dos seus maiores concorrentes. Isso pode ser um indicativo de que talvez eles não possam competir com você em uma campanha de marketing agressiva. Talvez eles não estejam usando mídias sociais para atrair negócios locais e você possa usar isso a seu favor. Analise todos os principais concorrentes e identifique quais vantagens você tem sobre cada um deles.

  1. Defina a vantagem competitiva deles

Assim como você identificou o que faz melhor que seus concorrentes, é necessário, também, identificar o que eles fazem melhor que você. Talvez alguns ofereçam uma entrega mais rápida, preços mais baixos, maior variedade de produtos, melhor atendimento ao cliente ou outros fatores que façam com que os clientes os escolham em vez de você.

  1. Faça análises SWOT sobre seu negócio e o deles

Agora que você tem um melhor conhecimento do que faz seus concorrentes se destacarem, é hora de usar todas essas informações para aumentar sua participação de mercado. Você pode usar uma análise SWOT  para avaliar o status atual da sua empresa. Além disso, você pode criar uma para seus concorrentes a fim de entender melhor sua posição atual e ajudar a prever estratégias futuras. Para fazer isso, use todas as informações coletadas e aplique-as a cada área da SWOT. Por exemplo, um dos pontos fortes dos seus concorrentes pode ser sua marca facilmente reconhecível, enquanto o ponto fraco pode ser a má qualidade dos produtos. Nesse caso, recomenda-se elaborar uma estratégia de marketing que destaque a qualidade dos seus produtos.

Criar uma análise da concorrência exige tempo e esforço, mas isso pode ser recompensado com uma participação de mercado maior. Quando você entende melhor como seus concorrentes operam, é mais fácil prever seus próximos movimentos e usar os seus pontos fortes contra os pontos fracos deles.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados