Conheça melhor os principais tributos do início do ano

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Você já está pensando nas promessas para o próximo ano? Provavelmente sim! E nos tributos do início do ano?

Por mais que ainda falte algum tempo, é certo que você terá pelo menos alguns impostos para pagar, como o IPVA e IPTU, além de outros desembolsos e contas que devem ser pagas nessa época e que que precisam ser gerenciadas. Assim, é preciso se programar. Por isso, no post de hoje vamos entender melhor quais são esses impostos e qual é a melhor forma de planejamento para você.

Imposto Predial e Territorial Urbano

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é um tributo cobrado pela prefeitura de cada município brasileiro. Seu valor é calculado com base no metro quadrado do imóvel do contribuinte. Vale a pena lembrar que, apesar da época de pagamento ser a mesma, o IPTU de sua empresa tem algumas particularidades, justamente por se tratar de imóvel comercial.

LEIA TAMBÉM: O que acontece se você não pagar os impostos do início de ano?

Em praticamente todos os municípios brasileiros é possível parcelar o pagamento do IPTU em até dez vezes; porém, verifique o valor do seu desconto. Caso ele seja igual ou superior a 10%, o ideal é pagar à vista; do contrário, você pode parcelar o valor.

Não se esqueça de que, em caso de parcelamento, caso você atrase alguma das parcelas, o valor mensal será acrescido de multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% — ou seja, você precisa se planejar para não acabar pagando um valor maior ainda.

Em alguns municípios, existe também a isenção do IPTU. Consulte o site de sua prefeitura e veja se em seu caso não é possível solicitar esse benefício.

Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto estadual. Seu pagamento poderá ocorrer de uma só vez, porém é preciso observar com cuidado a data de vencimento dessa cota única. Pagamentos que ocorrerem após essa data serão automaticamente parcelados.

O pagamento do IPVA do seu veículo comercial pode ser parcelado, normalmente, em três vezes. Já que os descontos ofertados geralmente não são maiores que 8%, você poderá utilizar o dinheiro para pagar outras contas ou até mesmo para poupar para alguma eventualidade.

LEIA TAMBÉM: 4 dicas de gestão fiscal para pequenas empresas

Licenciamento

Atualmente, em alguns estados, o valor do licenciamento já vem acompanhado do próprio IPVA, seja por adiantamento do pagamento ou ainda, em alguns casos, pela necessidade de pagamento já em janeiro de acordo com o final da placa do carro do contribuinte.

O valor pode variar e é cobrado de acordo com o tipo do veículo. O pagamento é extremamente importante para a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), que deve ser portado pelo condutor de forma obrigatória.

LEIA TAMBÉM: Saiba como manter talentos em sua pequena empresa

O segredo para não ter problemas com o pagamento dos tributos do início do ano é se planejar. Desde já, vá guardando um valor para o pagamento do IPTU, IPVA e do licenciamento, não se esquecendo das outras despesas de início do ano. O pagamento a prazo ou à vista depende de fatores como desconto oferecido e sua disponibilidade de recursos. Na opção de pagamento a prazo, não se esqueça da dívida assumida, pois durante alguns meses você terá mais esse desembolso.

Gostou do artigo? Siga-nos no Facebook ou Twitter e veja mais conteúdo sobre finanças.

Artigos Relacionados