Declaração de Imposto de Renda dos autônomos: quem precisa fazer e por quê?

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

“Quem trabalha por conta própria precisa fazer a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física?”. Essa é uma das perguntas feitas com frequência entre os autônomos. Para esclarecer essa dúvida, confira o conteúdo que preparamos: você vai entender quem precisa declarar, como fazer a declaração e a importância desse documento.

Quem precisa declarar imposto de renda?

Obrigatoriamente, quem teve renda tributável anual acima de R$ 28.559,70 no ano-calendário anterior, ou que tenha recebido rendimentos não tributáveis superiores a R$ 40.000,00, precisa fazer a declaração do imposto de renda. Já no caso da isenção, o autônomo também está sujeito à ação do Fisco: suas arrecadações podem ser fiscalizadas para ver se existem dados financeiros sendo escondidos.

Como o autônomo deve declarar o Imposto de Renda?

Se você é um autônomo e recebeu valor tributáveis de, no máximo, R$ 16.754,34 no ano anterior, e não tem despesas dedutíveis para declarar, a dica é optar pela declaração simplificada. Com ela, são somados os valores tributáveis do ano a que se refere e descontados 20% sobre a base de cálculo.

Agora, se sua soma total for superior a R$ 16.754,34 opte pela declaração completa. Com ela, cada despesa tributária é detalhada e também são declaradas despesas com educação e saúde.

Leia também 3 passos para declarar o Imposto de Renda como profissional liberal (fazer link interno)

Por que declarar o Imposto de Renda? 

O autônomo deve declarar o Imposto de Renda para estar em dia com a Receita Federal e também para poder ter um comprovante de rendimentos válido para facilitar a contratação de serviços e financiamentos. Isso porque, com o documento, é possível saber mais detalhes sobre a realidade financeira da pessoa. E é isso que pode facilitar ou não a liberação de crédito, economizando tempo.

O que acontece se o autônomo declarar valores errados ou esconder seus rendimentos reais?

Se não fizer a declaração ou se esconder seus ganhos reais no documento, o empreendedor pode receber multa por sonegação, além de penalidades administrativas e até mesmo criminais. Quanto mais alto for o valor omitido, ou declarado a mais ou a menos, mais grave serão as acusações.

Leia também Autônomo: saiba fazer o controle financeiro do seu negócio.

E se não atingir o limite mínimo para a declaração do Imposto de Renda, como um autônomo pode comprovar sua renda?

Se a renda do profissional for menor que a estabelecida pela Receita Federal ele é declarado como isento. Por outro lado, pode comprovar sua renda através do Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA), Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) e extratos bancários.

Existe alguma tecnologia que ajuda a facilitar o controle financeiro dos autônomos?

Sim! Ferramentas gratuitas de fluxo de caixa online, como o QuickBooks ZeroPaper, podem fazer você economizar tempo e dinheiro. Essa é uma solução de alta tecnologia, segura e prática, que reúne várias funcionalidades para facilitar o monitoramento das contas a pagar e receber, armazenar comprovantes, emitir relatórios financeiros e muito mais.

Artigos Relacionados

7 erros mais comuns na hora da declaração de imposto de renda

Todos correm riscos de errar na hora da fazer a declaração de…

Leia Mais

9 sinais que indicam a necessidade de um contador

Como um pequeno empresário, talvez você tenha conseguido administrar seu dinheiro com…

Leia Mais

IRPJ: tudo sobre o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica

Diariamente no Brasil, cada cidadão paga R$ 26 de impostos. E não…

Leia Mais