Avaliação de desempenho: como aplicar na minha empresa?

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Em nossa vida, estamos sendo constantemente avaliados. Na escola, no vestibular, na faculdade e, é claro, no trabalho. O importante, porém, é a maneira como a avaliação é empregada. Ela deve ser uma ferramenta diagnóstica, um instrumento para promover a melhoria constante das pessoas e dos profissionais. Quer saber como você pode aplicar essa ferramenta com sucesso em sua empresa? Então, confira nossas dicas:

Determine o que será avaliado

Existem milhares de indicadores: pontualidade, produtividade, relacionamento com os colegas, organização, metas de vendas, metas de cobrança, cumprimento de prazos, para mencionar apenas alguns.

No meio de tantos, a avaliação de desempenho precisa focar apenas naqueles que são relevantes para a empresa. Por exemplo, algumas empresas consideram a pontualidade um fator muito importante do desempenho; outras, por terem horários flexíveis, estão mais interessadas na produtividade diária do funcionário.

LEIA TAMBÉM: Como ser um bom líder de pequena empresa

Os indicadores serão diferentes para cada empresa e, em muitos casos, também variam de acordo com o departamento e nível hierárquico do colaborador. Portanto, para realizar uma avaliação de desempenho pertinente, é preciso selecionar com cuidado os indicadores analisados.

Determine como será a avaliação

Depois de selecionar o que sua avaliação de desempenho vai analisar, é hora de determinar como ela será realizada. Existem diversos meios, como a autoavaliação, a avaliação pelos colegas, o uso de dados objetivos sobre resultados e metas, entre outros.

Também é possível comparar o desempenho do funcionário em uma evolução ao longo do tempo, ou compará-lo ao desempenho de colegas do mesmo setor. No entanto, a comparação de desempenho entre funcionários é uma forma de avaliação muito controversa, pois estimula a competição, e não a cooperação. Assim, esse não é um método recomendado.

LEIA TAMBÉM: Veja 6 dicas de motivação para seus funcionários

Estipule uma periodicidade

Para que a avaliação de desempenho traga melhorias a longo prazo, ela precisa ser realizada com uma periodicidade consistente. A maioria das empresas adota avaliações semestrais ou anuais. Com isso, gestor e funcionário podem observar com mais clareza os efeitos da avaliação sobre o desempenho ao longo do tempo. Em outras palavras, é possível perceber se o funcionário usou a avaliação como ferramenta para aprimorar seu trabalho ou não.

Dê feedback

A informação obtida por meio de uma avaliação de desempenho não deve ser monopolizada. Ela deve ser abertamente compartilhada com o funcionário; do contrário, ele jamais saberá com certeza quais são seus pontos fracos. Esse é o momento do feedback.

Ele pode ser oferecido por escrito ou por meio de uma reunião individual. A reunião garante mais dinamicidade na hora de estabelecer estratégias e metas de melhoria para o funcionário; por outro lado, no caso de equipes muito grandes, o feedback por escrito é uma solução para garantir que todos vão receber informações sobre sua avaliação de desempenho dentro de um prazo aceitável.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para melhorar a comunicação interna de sua empresa

Aplique a avaliação à gestão de RH estratégico

O último passo é, talvez, o mais importante. É claro que é excelente ver os colaboradores usando dados sobre sua avaliação de desempenho para tornarem-se profissionais cada vez melhores. Porém, a empresa também precisa usar esses dados para aproveitar da melhor maneira os profissionais de sua equipe. É nesse ponto que entra a gestão de RH estratégico.

Talvez você tenha um funcionário no setor financeiro que apresenta todas as competências necessárias para ser um excelente colaborador no setor comercial. Como saber? Por meio da avaliação e análise de desempenho. Com os dados coletados, a empresa pode identificar se um determinado colaborador deveria ser transferido de setor, se ele está pronto para receber um novo desafio, ou até mesmo se é hora do desligamento — tomando essas decisões, portanto, de maneira mais embasada.

A avaliação de desempenho é uma ferramenta indispensável para a gestão de RH estratégico. Ela traz vantagens para o funcionário e para a empresa por meio da possibilidade de melhoria contínua. Também apresenta uma oportunidade interessante para o diálogo entre o gestor e os colaboradores.

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook ou Twitter e veja mais conteúdo sobre finanças.

Artigos Relacionados