Veja 7 atitudes de um péssimo líder e saiba como evitá-las

53
SHARES

Um dos maiores desafios de quem começa uma pequena empresa é inspirar confiança e admiração entre seus funcionários. O empreendedor de primeira viagem muitas vezes tem muitas qualidades na gestão do negócio, mas não está devidamente preparado para gerir pessoas.

Um artigo publicado no site da Exame traz dicas de especialistas sobre atitudes ao serem evitadas ao lidar com funcionários.

Entre elas está a atitude que leva o supervisor da empresa a pensar apenas no resultado. “Há líderes que acham que só ter um plano para crescer e gerar muito dinheiro é suficiente. Mas isso não inspira mais ninguém: as pessoas buscam algo a mais", diz o empreendedor e investidor-anjo Fernando Góes, da consultoria Ockam.

Outra atitude que tende a prejudicar o ambiente da empresa é quando o líder se isola e não troca informações com seus subordinados. "O líder precisa conhecer suas virtudes, mas também aquilo em que ele não é bom. É preciso ter humildade para procurar pessoas complementares a ele, sem achar que todos devem ser iguais ao dono. É essa diversidade de especializações que trará o desenvolvimento da empresa", diz Fernanda Gonçalves, gerente nacional de carreiras do grupo educacional DeVry Brasil.

Uma terceira atitude danosa é quando o supervisor da empresa retém todas as informações do negócio e não compartilha praticamente nada com os funcionários. "Se o dono sempre centraliza o andamento do negócio, ele não desenvolve nem sua equipe nem o próprio empreendimento. A empresa só cresce com uma boa gestão de pessoas, e não há gestão de pessoas quando seus funcionários não possuem chances de se destacar", diz Gonçalves, da DeVry Brasil.

Veja mais atitudes indesejáveis para um líder no artigo da Exame.