Cinco indicadores-chave para avaliar a solidez da sua empresa

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

Você pode ter a sensação de que seu negócio está indo muito bem, e pode ser que esteja certo. Mas não há substituto para números concretos quando se trata de avaliar a solidez financeira da sua empresa. É onde entram os KPIs (indicadores-chave de desempenho) financeiros.

KPI é um termo genérico para os tipos de indicadores que as empresas usam para avaliar o desempenho em várias áreas, de marketing a RH, passando por finanças. Ficar atento ao desempenho financeiro da sua pequena empresa é essencial para o sucesso a longo prazo. Estes cinco KPIs financeiros ajudarão você a responder à pergunta: minha empresa está alcançando seus objetivos?

  1. Margem de lucro bruto

A margem de lucro bruto indica se você está cobrando adequadamente por seus serviços ou mercadorias. Esta é a equação usada para calculá-la:

Margem de lucro bruto = (receita – custo das mercadorias vendidas)/receita

A margem de lucro bruto deve ser grande o suficiente para cobrir as despesas fixas (operacionais) e apresentar um lucro no final (consulte os itens 2 e 3 a seguir).

  1. Lucro líquido

É aqui que a coisa fica séria. O lucro líquido é a quantia de dinheiro restante depois que todas as contas foram pagas. Você pode descobrir seu lucro líquido usando subtrações simples:

Lucro líquido = receita total – total de despesas

Por exemplo, se suas vendas no ano passado somaram US$ 100.000 e as despesas do seu negócio com aluguel, estoque, salários etc. chegaram a US$ 80.000, o lucro líquido é de US$ 20.000. Se você é um empresário individual, seu salário ou pró-labore virá do lucro líquido, por isso é essencial que esse valor seja suficiente para cobrir suas despesas pessoais e para criar reservas que possam manter seu negócio operacional durante períodos de baixa.

  1. Margem de lucro líquido

A margem de lucro líquido indica que porcentagem da sua receita foi lucro. A equação é simples:

Margem de lucro líquido = lucro líquido/receita total

No exemplo acima, a margem de lucro líquido é de 20%. Essa métrica ajuda você a projetar lucros futuros e definir metas e referências de rentabilidade.

  1. Contas a receber por vencimento

Se o seu negócio envolve o envio de contas para clientes, um relatório de contas a receber por vencimento (provavelmente um relatório padrão no seu software financeiro) pode ser esclarecedor. Se o cliente A paga consistentemente suas contas em até 15 dias, enquanto os clientes B, C e D levam de 90 ou 120 dias para pagar, talvez você tenha encontrado a causa dos problemas de fluxo de caixa do seu negócio. Pode ser a hora de começar a cobrar juros sobre contas em atraso ou abrir mão de clientes que demoram muito para pagar.

  1. Quociente de liquidez corrente

Este termo contábil descreve a capacidade de um negócio de pagar suas contas. Ele pode ser calculado da seguinte forma:

Quociente de liquidez corrente = ativos circulantes/passivos circulante.

Idealmente, o número resultante deve ficar entre 1,5 e 3. Um quociente de liquidez corrente menor do que 1 significa que você não tem dinheiro suficiente para pagar suas contas. O monitoramento desse indicador pode dar a você um aviso antecipado sobre problemas de fluxo de caixa, especialmente se o quociente de liquidez corrente estiver na zona de perigo, entre 1,5 e 1.

Artigos Relacionados

Diferença entre margem de lucro: bruta, líquida e de contribuição

Um indicador importante para medir a rentabilidade da sua empresa, a margem…

Leia Mais

O que é margem de lucro e como calcular

Lucro e margem de lucro são coisas diferentes que acabam confundindo muitos…

Leia Mais

Você sabe calcular a margem de contribuição do seu negócio?

Calcular a margem de contribuição das suas vendas é um passo importante…

Leia Mais