Veja 5 dicas para cobrar de clientes inadimplentes

4
SHARES

A inadimplência é uma das questões mais difíceis de se abordar. No entanto, o vendedor deve aliar objetividade e altruísmo para lidar com clientes em dificuldades para efetuar o pagamento acordado. Ainda não inventaram um manual para manobrar esse eventual incômodo, mas há uma série de medidas que facilitam o contorno desse tipo de situação.

Sem atraso, veja agora cinco dicas eficazes com as melhores maneiras de cobrar clientes inadimplentes. Confira!

Não tenha medo de cobrar

Assim como o consumidor tem uma série de direitos previstos em lei e extremamente necessários, o comerciante também tem a sua guarida jurídica. Portanto, não tenha medo de efetuar cobranças. Afinal de contas, o atraso da entrada de capitais previstos com vendas prejudica o crescimento saudável sobretudo de pequenas e médias empresas.

LEIA TAMBÉM: Veja as diferenças entre custos fixos e custos variáveis

O cuidado deve estar no tratamento dispensado ao consumidor. Seja discreto, atencioso e cordial ao relembrar o cliente sobre o vencimento do prazo. Lembre-o de quanto a empresa conta com pagamentos em dia para manter o funcionamento ideal e garantir a qualidade dos serviços prestados.

Informe o cliente sempre que possível

Uma forma precavida e gentil de informar o cliente sobre a inadimplência é enviar informativos frequentes da situação. Envie mensagens de alerta via celular ou e-mail no dia de encerramento do prazo e um dia após o vencimento também. Aproveite o recado para estimular que o cliente entre em contato caso tenha alguma dificuldade financeira em arcar com o preço acordado.

Dessa forma, a sua empresa se isenta de responsabilidades e cumpre devidamente a parte que lhe cabe no diálogo entre vendedor e comprador, reduzindo as chances de eventuais discussões na justiça. Mas não exagere, ok? Enviar recados todos os dias após o vencimento fica chato para a empresa e para o cliente. Entre em contato uma vez por semana, por exemplo.

Oriente a sua equipe de cobrança

É indispensável enviar o lembrete sem excessos e ameaças, proibidas legalmente pelo Código de Defesa do Consumidor. Oriente a sua equipe de atendimento e vendas a sempre serem sutis e gentis com o devedor.

Tal comportamento pode auxiliar casos de pagamentos que tenham vencido há muito tempo e que existe o risco de não conseguir o dinheiro. Não obstante, a empresa pode mediar um acordo, sem ações judiciais para obter parte do dinheiro ou parcelar a dívida.

Forneça opções

Se, após os atendimentos e os contatos o cliente não der respostas quanto às possibilidades de pagamento, forneça alternativas. O mais importante é garantir que ao menos parte do dinheiro seja debitada o quanto antes na conta da sua empresa. Isso também ajuda o cliente a sentir-se seguro e interessado em uma negociação.

Monte um cadastro histórico de clientes

Essa é uma maneira muito simples e eficiente para evitar problemas futuros com inadimplência. Elabore um cadastro com todos os seus compradores e discrimine a pontualidade dos pagamentos. Assim, você consegue monitorar os melhores pagadores e identificar alguns que tenham dificuldades em cumprir os acordos preestabelecidos durante a compra.

O método funciona também para oferecer promoções especiais para os consumidores que quitem com antecedência frequente.

Apesar de ser considerado um assunto chato pelas pessoas do meio, a inadimplência pode ocorrer a qualquer momento e a sua empresa deve estar preparada para lidar com ela e até sobreviver a eventuais faltas de pagamento. Para isso, é essencial um bom planejamento financeiro, especialmente no caso de empreendimentos individuais e empresas de pequeno porte.

Por isso, leia também os artigos sobre o que profissionais autônomos precisam saber sobre finanças e de como elaborar um excelente planejamento financeiro.