7 sinais de que sua empresa tem boa saúde financeira

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

É relativamente fácil determinar se sua empresa está indo bem. Você está no azul todos os meses, consegue quitar sua folha de pagamento e paga todas as contas e despesas mensais. Mas há níveis ou diferenças perceptíveis que indicam, de modo confiável, uma boa solidez financeira? Ou há modos de determinar o grau de desempenho acima do padrão?

Há muitas maneiras de fazer isso, algumas das quais talvez sejam mais adequadas para a empresa do que outras. Com isso em mente, vamos analisar sete sinais de que sua empresa tem uma boa saúde financeira.

  1. A receita está crescendo

Ao olhar seu demonstrativo do resultado do exercício, você deve ser capaz de ver um aumento consistente na receita todos os meses, ano após ano. Não é necessário que esse sinal represente um grande aumento na rentabilidade. O simples aumento de alguns pontos percentuais mostra um movimento ascendente e um panorama financeiro sólido.

  1. As despesas não aumentam

Além de aumentar a receita, você deseja que suas despesas continuem as mesmas. Se houver um crescimento rápido e significativo da empresa, suas despesas podem aumentar. No entanto, em geral, esse aumento deve estar em sintonia com o aumento das receitas. Se a receita aumenta 3% ao ano, as despesas devem aumentar 3% durante o mesmo período.

  1. O saldo do caixa indica um crescimento positivo de longo prazo

Embora sua receita talvez esteja aumentando, se você receber o dinheiro e simplesmente investi-lo novamente na empresa, talvez esteja ficando rico em ativos e pobre em termos de dinheiro.

Saldo de caixa baixo ou estagnado sugere que sua empresa não é sustentável. É interessante manter um bom volume de dinheiro no banco para, caso ocorra uma situação urgente, você não precise fazer novas dívidas para pagar uma despesa inesperada.

  1. Os índices de endividamento devem ser baixos

Há dois índices de endividamento particularmente importantes: a relação entre dívidas e ativos e o coeficiente dívida-patrimônio. Também conhecidas como índices de solvência, essas fórmulas avaliam especificamente quanto sua empresa deve em relação ao quanto ela vale. Como na maioria dos índices, quanto mais baixo o número, melhor. No caso da relação entre dívidas e ativos, é aconselhável manter uma proporção de 2:1 ou inferior.

  1. A taxa de rentabilidade é sólida

Há muitos indicadores de rentabilidade que avaliam o retorno sobre suas vendas e seus investimentos. E a margem de lucro é um dos melhores. Basta dividir o lucro líquido anual pelas vendas anuais. Você pode perceber que, embora as vendas estejam aumentando, a margem de lucro ainda é baixa, dependendo da estrutura de preços, dos custos iniciais ou de outros fatores. A taxa de rentabilidade é considerada sólida quando é alta.

  1. Os indicadores de atividade estão em sintonia

Há alguns indicadores de atividade que avaliam como sua empresa gerencia os ativos. Três dos mais comuns são:

  1. Você está trabalhando com clientes novos e antigos

O custo de adquirir novos clientes é maior do que o de sempre trabalhar com os mesmos clientes. Um fluxo constante de clientes novos e antigos demonstra que sua empresa tem várias opções de geração de receita. Com acesso a novos clientes, é possível ajudar a proteger sua empresa de mudança em termos de atitudes e padrões de compra.

Avaliar a solidez das finanças da sua empresa pode ser tão simples quanto revisar um demonstrativo de resultado do exercício ou tão complicado quanto analisar os diferentes elementos do seu negócio. No entanto, não resta dúvida de que compreender plenamente as finanças é uma maneira segura de preservar o sucesso e a lucratividade da sua empresa.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados