Como preparar uma Demonstração de Resultado do Exercício

1
SHARES

Como você sabe se sua empresa é lucrativa ou está perdendo dinheiro? Nesse caso, um simples palpite não é suficiente. Você precisa confiar em fatos, que são apresentados em uma demonstração de resultado do exercício, também conhecida como demonstração de lucros e perdas (P&L).

O que é uma demonstração de lucros e perdas?

A demonstração de lucros e perdas é um resumo das receitas e despesas da sua empresa durante um período de tempo específico. Esse documento pode ser mensal, trimestral ou anual, e o período é indicado como, por exemplo, “referente ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2015” (anual) ou “referente ao trimestre encerrado em 30 de setembro de 2015” (no caso de um trimestre de 1º de julho até o fim de setembro).

O período é definido de acordo com as necessidades. Se você usa a demonstração de lucros e perdas para avaliar suas operações, selecione o período mais adequado ao seu caso, que pode ser trimestral ou até mesmo mensal. Em geral, se precisar desse relatório para solicitar um empréstimo, a demonstração incluirá o acumulado no ano até o mês mais recente. Provavelmente, você também terá que fornecer uma demonstração sobre o ano anterior inteiro.

Receita

A receita representa toda a renda que uma empresa recebe. Isso inclui:

  • Receitas operacionais da venda de bens e serviços.
  • Receitas não operacionais, como juros sobre empréstimos feitos pela empresa ou aluguéis recebidos por sublocação de um espaço.
  • Ganhos na venda de ativos de longo prazo (por exemplo, um veículo ou prédio) ou outros ganhos (como uma indenização judicial). Os ganhos informados na demonstração de lucros e perdas não são o lucro bruto: trata-se da diferença (positiva) entre as receitas e o valor do ativo nos livros contábeis da empresa.

Na demonstração de lucros e perdas, a receita é declarada quando os bens ou serviços foram fornecidos ao cliente. Para esse fim, a receita não depende do pagamento. Por exemplo, se executar um serviço, contabilize a receita quando o trabalho for concluído, mesmo que você ainda não tenha recebido o pagamento. Da mesma forma, se for um varejista que vende produtos, declare a receita na demonstração de resultado do exercício no momento da venda, mesmo que a fatura da transação ainda não tenha sido paga. Se receber pagamentos à vista (dinheiro, cheque ou cartão de crédito/débito), as entradas e as receitas serão idênticas para os fins da sua demonstração de lucros e perdas.

Despesas

Liste e totalize as despesas feitas para gerar a receita da sua empresa. Para facilitar a identificação de como o dinheiro está sendo gasto, separe as despesas em várias categorias. As categorias de despesas mais comuns incluem:

  • Despesas operacionais: o custo das mercadorias vendidas se tiver estoque, folha de pagamento, custos indiretos (por exemplo, aluguéis, serviços públicos, seguros, custos de comunicação etc.) e marketing.
  • Despesas não operacionais: as despesas com juros, que incluem os juros a pagar de dívidas (como títulos, empréstimos, linhas de crédito etc.).
  • Perdas: perdas em vendas de ativos e indenizações judiciais. As perdas registradas na demonstração de resultado do exercício correspondem à diferença (negativa) entre as receitas e o valor do ativo nos livros contábeis da empresa.

Em geral, as despesas são declaradas quando há uma responsabilidade de pagamento. Por exemplo, a remuneração de funcionários é lançada como uma despesa, mesmo que a empresa ainda não tenha feito o pagamento.

Algumas despesas são associadas à receita para fins de relatório. Por exemplo, as comissões devidas a um vendedor são lançadas quando as receitas das vendas são declaradas, mesmo que as comissões ainda não tenham sido pagas. Da mesma forma, as despesas de estoque são lançadas junto com as vendas de itens de estoque.

Nem todos os pagamentos feitos por uma empresa são tratados como despesas em uma demonstração de lucros e perdas. Por exemplo, o pagamento do principal de um empréstimo é um desembolso de dinheiro, mas não é tratado como uma despesa na demonstração. Além disso, é recomendável a exibição de certas despesas extraordinárias em uma categoria de receita à parte para destacá-las e entender melhor suas receitas e despesas no período.

Criação de uma demonstração de lucros e perdas

Para criar uma demonstração de lucros e perdas manualmente, comece selecionando o método que será usado para listar suas entradas. Há dois métodos básicos:

1 – Método “single-step”: determine o lucro líquido subtraindo as despesas e as perdas das receitas e dos ganhos. Este tipo de demonstração é usado principalmente por empresas de serviços. Você simplesmente lista seus ganhos e receitas e soma as categorias descritas anteriormente para encontrar um subtotal do lucro. Em seguida, lista suas despesas e perdas de acordo com as categorias explicadas anteriormente e calcula o total. A equação abaixo resume esse método:

 Lucro líquido (ou perda) = (receitas + ganhos) – (despesas + perdas)

Subtraia do subtotal de receitas e ganhos o subtotal de despesas e perdas. A diferença positiva é o seu lucro líquido. Se o resultado for negativo, esse será o seu prejuízo líquido.

2 -Método “multiple-step”: Separe as receitas e as despesas operacionais de outras receitas e despesas. Isso permite identificar o lucro bruto, que são as vendas líquidas menos o custo das mercadorias vendidas. Este método é mais adequado para empresas que dependem de estoque. Mais uma vez, você totalizará suas receitas e despesas nas diversas categorias, levando em consideração o custo das mercadorias vendidas, para chegar ao lucro ou prejuízo líquido.

Você pode apresentar essas informações da maneira que considerar mais útil quando usar a demonstração de lucros e perdas para fins internos (mas não para empréstimos bancários ou divulgação). Por exemplo, você pode discriminar as receitas e as despesas de acordo com as linhas de produtos para ver qual delas é mais lucrativa.

Com um gerenciador financeiro como o QuickBooks ZeroPaper, você pode gerar uma demonstração de lucros e perdas automaticamente. Não é necessário inserir as receitas e os ganhos ou as despesas e as perdas. O gerenciador faz isso para você com base nas informações que já foram inseridas. Teste grátis o QuickBooks ZeroPaper por 30 dias.

Conclusão

Uma demonstração de resultado do exercício é um reflexo das atividades da empresa e é um demonstrativo exigido em relatórios financeiros (juntamente com o balanço patrimonial e o demonstrativo de fluxo de caixa). É muito importante acompanhar e avaliar suas receitas e despesas para que você possa planejar com antecedência o seu crescimento. Se tiver dúvidas sobre a demonstração de resultado do exercício, consulte um contador ou outro especialista financeiro experiente.

Para começar, faça o download de um modelo gratuito de demonstração de resultado do exercício. Ou confira nosso guia sobre relatórios financeiros para aprender mais sobre as principais demonstrações financeiras.