Controle financeiro: analisar as contas da sua empresa pode ser a saída da crise

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Crises econômicas, vira e mexe, aparecem no mercado – e isso acontece pelo mundo todo. Elas trazem instabilidade financeira, o que afeta a maioria dos empreendedores e pode até levar bons negócios ao fechamento. Mas a boa notícia é que o controle financeiro pode ajudar a sua empresa a sair do vermelho e, mais do que isso, fazer sucesso.

Analisar toda a contabilidade tributária, contas a pagar e contas a receber, é um caminho inteligente para a recuperação. Então, acompanhe o nosso passo a passo de boas atitudes para sair da crise.

  • Entender a sua situação

O primeiro passo é analisar todas as suas contas: quanto você deve, quanto tem para receber, qual o prazo para quitar dívidas e impostos. Uma forma interessante de verificar esses dados é através de relatórios financeiros que pegam as informações do fluxo de caixa. Através dos dados do seu controle, eles mostram o movimento do dinheiro em gráficos fáceis de interpretar.

No QuickBooks ZeroPaper, por exemplo, com apenas alguns cliques o relatório financeiro fica pronto automaticamente. Nele, todas as informações do seu fluxo de caixa aparecem bem organizadas para que você entenda de verdade como está a situação financeira do negócio. E vale lembrar que são ferramentas gratuitas.

Leita também: Dicas para ter mais controle financeiro 

  • Renegociar prazos de pagamento

Agora, é hora de conversar com os fornecedores e credores para renegociar pagamentos. A sugestão é explicar a situação e tentar se organizar com datas mais viáveis. Outra dica interessante é priorizar as dívidas que têm os maiores juros, e, até, avaliar se um empréstimo de juros menores cobriria esses débitos com prazos mais folgados.

  • Cortar gastos

Ao analisar o seu controle financeiro, você vai ter uma visão detalhada das despesas – e aí mora uma boa oportunidade de economizar. A dica, então, é conferir o que pode ser cortado. Mas, um alerta importante: não é legal podar sem pensar, combinado? Isso porque, muitas vezes, algumas despesas trazem retornos, e, ao cortá-las, você corre o risco de apagar ainda mais o negócio. Fornecedores com bom custo-benefício, incentivos que motivam a equipe ou campanhas de comunicação que engajam os clientes são exemplos do que é importante manter.

Conferir onde há desperdício – e evitá-lo – é um bom caminho para definir os cortes de gastos. Da luz acesa ao uso exagerado do telefone, do maço de papel aos copinhos de plástico, é possível poupar dinheiro. Tem até exemplo disso: uma companhia aérea americana retirou as azeitonas das refeições dos passageiros porque notou que muitas iam para o lixo. Resultado: economia de aproximadamente 40 mil dólares por ano.

Leia também: Lucro Presumido ou Simples Nacional: escolha o melhor regime para seu negócio

  • Planejar e aproveitar as estações de boas vendas

Outro ponto bem legal de relatórios financeiros como os do QuickBooks ZeroPaper, por exemplo, é que você confere como está o seu lucro e pode visualizar as receitas por período. Assim, fica mais fácil de identificar quando as vendas estavam mais altas e planejar uma ação para esses momentos.

Por exemplo: se os seus clientes costumam comprar mais no começo do mês, perto dessa data é bacana fomentar as divulgações nas redes sociais.

  • Verificar se o regime tributário é o ideal para a empresa

Por fim, é importante conferir se o regime tributário que a sua empresa escolheu é o mais recomendado para ela. O Simples Nacional permite o pagamento dos impostos uma vez por mês, sobre o faturamento anterior. O Lucro Presumido é sugerido para negócios com alta lucratividade e o Lucro Real para quem tem lucros menores.

 

 

Artigos Relacionados

4 dicas de controle financeiro para autônomos

Manter um controle financeiro é essencial não somente para a rotina de…

Leia Mais

Planejamento financeiro: veja como começar bem o ano

Com a chegada do último mês do ano, é a hora de…

Leia Mais

4 erros de gestão financeira que podem acabar com sua empresa

Uma das maiores dificuldades dos empresários é controlar os aspectos financeiros do…

Leia Mais