Fluxo de caixa: dicas para controlar as contas a pagar e receber

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

Os primeiros dias do mês sempre carregam uma dose de aflição. Afinal, é quando chegam as contas e precisamos nos virar para fazer os pagamentos. A boa notícia: é possível evitar essa sensação, por meio de um bom controle de contas a pagar e a receber.

Controlar o fluxo de caixa pode melhorar a gestão financeira e proporcionar lucros maiores para a empresa, pois diminui a necessidade de empréstimo e evita o gasto extra com pagamento de juros, por exemplo.

Quer saber como começar seus meses com mais tranquilidade? Então aprenda como controlar melhor o fluxo de caixa do seu negócio!

Registre todas as contas no seu fluxo de caixa

O primeiro passo para controlar as contas da sua empresa é ter todas elas registradas no seu fluxo de caixa. Despesas previstas para os próximos meses devem sempre ser registradas como contas a pagar, da mesma forma que valores de vendas consolidadas precisam ser classificadas como quantias que serão contabilizadas no fluxo de caixa.

O registro deve incluir também documentos de comprovação das contas e as datas de vencimento. Quanto mais detalhado esse acompanhamento, mais fácil e completo fica o fluxo de caixa.

Conte apenas com o dinheiro que já entrou no caixa

Um erro tão comum quanto grave costuma ser contar com o dinheiro que ainda será pago em parcelas futuras. É o seguinte: imagine que você fechou uma venda de trezentos reais que será paga em seis parcelas mensais de cinquenta reais.

Alguns administradores têm o mal hábito de contar com o valor integral antes do pagamento de todas as parcelas. O resultado é um falso aumento do fluxo de caixa, que provavelmente configura-se como um baita prejuízo ou uma dívida mais à frente, principalmente com o risco da inadimplência. Não cometa esse erro!

Não perca os prazos

Não lance mão de um software ou aplicativo gerenciador financeiro capaz de informar precisamente sobre o vencimento de prazos e fluxo de caixa. Isso é fundamental para que você evite gastos extras com juros e também seja capaz de precaver-se diante das chatas situações de inadimplência.

Invista em um software de controle financeiro

Será muito mais fácil colocar em prática as dicas que demos até aqui se a sua empresa implantar um bom gerenciador financeiro. Essa tecnologia já é um pré-requisito para grandes negócios, pois é capaz de executar todas essas funcionalidades — como registro de contas, controle de prazos, previsões, discriminação entre despesas fixas e variáveis — simultaneamente.

O QuickBooks ZeroPaper tem todas as ferramentas necessárias para gerenciar seu fluxo de caixa. Assine grátis!

Além disso, é possível ter acesso às estatísticas de períodos pré-determinados. Por exemplo, imagine que, depois de um ano com despesas variáveis altíssimas, a sua empresa aposta em um programa de conscientização dos colaboradores para reduzir as contas de luz e água. Em poucos cliques você tem acesso às informações de que precisa para saber se a campanha está funcionando ou não, ou seja, se os valores das contas realmente baixaram.

LEIA TAMBÉM: Como o fluxo de caixa pode ajudá-lo a tomar decisões de negócio

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.

Artigos Relacionados

Fluxo de caixa: passo a passo para ser mais eficiente

O fluxo de caixa corresponde, basicamente, aos recursos financeiros que entram e…

Leia Mais

Dicas para melhorar o fluxo de caixa

O que um negócio com dinheiro em caixa para enfrentar situações de…

Leia Mais

Qual o papel do fluxo de caixa no planejamento financeiro?

Gerir as questões financeiras com excelência é algo fundamental para que um…

Leia Mais