Quer investir no mercado de chocolates? Inspire-se nesses exemplos

por Equipe QuickBooks

1 minutos de leitura

Mesmo com o cenário econômico negativo, o mercado de chocolates tem algumas oportunidades para quem tem criatividade e algum capital para investir. O site da PEGN aborda este assunto em uma matéria que traz exemplos de quem está se dando bem nesse mercado.

Um dos exemplos citados na matéria é a loja Brigadeiros by Cousin’s, que fica na zona oeste de São Paulo e foi criada pelo casal Giulianna Loduca Scalamandre e Edoardo Jana. Com investimento inicial de R$ 1,5 milhão, a empresa fatura mensalmente entre R$ 30 mil e R$ 85 mil. A meta é chegar a R$ 95 mil de faturamento até o final do ano.

Outro exemplo citado no artigo é a fábrica de chocolates premium Mendoá, de Ilhéus (BA). A empresa fatura R$ 300 mil por mês e conta com pontos de venda em mais de 10 estados. Segundo o fundador da Mendoá, Leandro Almeida, a ideia inicial foi valorizar o cacau brasileiro. “Sempre houve muita valorização do chocolate importado e poucas pessoas reconheciam que o Brasil também poderia proporcionar um chocolate de ótima qualidade, já que o cacau é uma matéria-prima que encontramos aqui”, conta.

Um terceiro exemplo citado na matéria é o da Chocolat Du Jour, criada há quase 30 anos pela empreendedora Claudia Landmann, 64 anos. A Chocolat Du Jour já recebeu mais de cinco prêmios internacionais, entre eles, dois dedicados ao bombom de caramelo com flor de sal, premiado pela Academy of Chocolate Awards e pela The International Chocolate Awards.

Veja mais sobre as histórias da Brigadeiros by Cousin’s, Mendoá e Chocolat Du Jour no artigo da PEGN.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.

Artigos Relacionados