Sucesso de startups: 5 dicas para vencer no primeiro ano

por Equipe QuickBooks

4 minutos de leitura

O primeiro ano é crucial para qualquer empresa nova. Há muitas variáveis envolvidas; por isso, mesmo que você sobreviva ao primeiro ano, poderá se perder no segundo ou terceiro. Entretanto, há coisas que você pode fazer para ter vantagem. Ao trabalhar intensamente no primeiro ano para criar sua nova empresa, você estabelece a base para os próximos anos. Este guia ajudará você criar uma empresa que se sustentará mesmo nas situações mais complicadas, permitindo que você continue por muito tempo depois que seus concorrentes já fracassaram.

  1. Tenha um sistema de suporte

A primeira coisa que você deve fazer antes de pendurar “Aberto” na porta é cercar-se de pessoas que ajudarão você no caminho. Isso pode incluir um grupo de networking, um mentor ou um grupo de amigos. Com esse sistema de suporte, você terá os recursos de que precisa sempre que tiver dúvidas ou necessitar de conselhos.

Além dos amigos, colegas e mentores, também será necessário alguém que ajude você com suas finanças. Quando você está começando, o software financeiro é um ótimo recurso para lidar com a contabilidade, o processamento da folha de pagamentos e a preparação de impostos, mas, ao começar a dimensionar, você pode precisar de mais ajuda. Até uma breve consulta com um contador especializado em startups pode fazer uma grande diferença. O contador pode identificar erros em seu orçamento que poderiam esvaziar sua conta bancária no primeiro ano.

  1. Conheça seus clientes

Até mesmo a melhor ideia fracassará se sua base de clientes pretendida não se identificar com ela. Antes de sua ideia virar uma startup, pesquise detalhadamente sua base de clientes e obtenha feedback em todas as etapas do processo. Ao desenvolver seu protótipo e coletar fundos, encontre uma forma de encontrar-se com seu público-alvo regularmente. Use as informações que você obter para ajustar seu projeto ou elaborar uma mensagem de marketing eficaz.

Determine o melhor lugar para comercializar seu produto e inicie com um pequeno grupo que poderá crescer. Pode ser que comprar um estande em uma feira de artesanato seja uma ótima forma de atingir seu público-alvo. Para uma empresa on-line, os testes com usuários podem ser mais eficazes pela Internet. Colete as informações de contato das pessoas que estão ajudando para verificar se têm interesse em fornecer feedback no futuro.

  1. Conheça seus pontos fortes

É importante conhecer seus pontos fortes e fracos desde o início. Assim, você poderá direcionar sua empresa para o caminho certo. De acordo com Jim Clifton, presidente e CEO da Gallup, os empreendedores de sucesso têm pontos fortes principais em comum. Esses pontos fortes incluem determinação extrema e desejo de criar modelos de negócios de sucesso. Com exceção desses, os traços que contribuem para o sucesso de uma pessoa são altamente exclusivos e individuais.

Conhecendo suas habilidades, você pode exercitá-las. Se você for ótimo em falar em público, por exemplo, poderá aproveitar oportunidades para se conectar com outros por meio de workshops ou apresentar conferências. Se você tiver pânico de falar em público, encontre outra forma de relacionar-se com outros membros do setor. Por exemplo, participando desses eventos como um membro do público e relacionando-se em mídias sociais.

  1. Planeje não ter lucros

Alguns empresários fracassam porque esperam iniciar sua pequena empresa e começar a lucrar imediatamente. Como muitos empresários iniciantes já ouviram, no entanto, os primeiros anos raramente são lucrativos para novos empresários. Infelizmente, é difícil trabalhar em tempo integral e, ao mesmo tempo, dedicar esforços em uma nova empresa, o que significa que você não terá nenhum salário garantido nos primeiros dias.

Se possível, faça planos para sobreviver a esses primeiros dias sem nenhum salário. Se você puder reservar dinheiro antes de abrir a empresa, faça isso. Se você puder viver com um orçamento apertado e receber o mínimo de salário possível nos primeiros dias, faça isso. Você também pode manter os custos baixos com esforços como:

  • Trabalhar de casa para evitar pagar por um escritório
  • Compartilhar salas de conferências com colegas
  • Compartilhar as taxas de um estande em uma feira de artesanato local com um colega empreendedor
  • Realizar crowdsource de habilidades especializadas como design de logotipo
  • Usar videoconferências para reduzir os custos de viagem
  • Divulgar em mídias sociais para atingir clientes de modo mais barato
  1. Avalie os resultados

Vendedores profissionais usam o termo “sempre fechar negócio”, mas os empreendedores devem adaptar isso para uma abordagem “sempre avaliar” em seu trabalho. Tudo o que você faz deve ser constantemente avaliado e analisado, e seus esforços futuros devem se basear nos resultados. Isso inclui desenvolvimento de produtos, marketing, visitas ao site, mídias sociais e esforços de vendas.

Para medir seus resultados de modo efetivo, você precisará das ferramentas de análise certas em cada um de seus sistemas. Algumas soluções tem análise incorporada, e outras precisarão ser configuradas por você. Ao configurar tecnologias para sua empresa, certifique-se de que há ferramentas de análise incluídas no plano que você escolher.

Se você estiver abrindo uma nova empresa, terá uma boa chance de sobreviver ao primeiro ano. No entanto, é importante preparar o terreno para os próximos anos a fim de garantir que você passará da marca crucial dos cinco anos. Com as ferramentas certas e a atitude perfeita, você poderá fazer isso.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados