Como escolher o ponto comercial para abrir sua loja?

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Abrir a própria empresa é o sonho de vários profissionais, mas escolher um bom ponto comercial para o seu negócio pode ser um desafio. A falta de experiência de alguns empreendedores iniciantes pode levar à perda de recursos em um investimento ruim. Para evitar esse tipo de problema, é importante levar alguns fatores importantes em consideração na hora de criar um estabelecimento físico.

Para chegar a esse patamar, primeiro você deve ter uma ideia e um planejamento de negócios consistentes. Portanto, avalie se seu negócio pode ser iniciado com alguma segurança, analisando bem sua ideia de startup antes de tomar qualquer outra medida. Depois desses primeiros passos, é hora de colocar tudo em prática.

Veja em nosso post de hoje e abra sua loja com um ponto comercial que realmente vai valer a pena. Acompanhe!

  • Encontre uma loja que facilite o dia a dia

O primeiro problema encontrado ao abrir um ponto comercial — e que pode encerrar um negócio antes de começar — é não estar ciente das leis de ocupação daquele local. Nem todo imóvel permite que alguns processos sejam realizados, como carga e descarga de mercadorias por exemplo. É importante fazer uma lista com todas as necessidades da empresa e informá-la ao corretor de imóveis antes de concretizar a compra, ou o negócio não poderá funcionar logo depois de ser aberto.

Essas leis ocupacionais podem variar de acordo com o bairro, município, localização do imóvel entre outros. Por exemplo: abrir uma loja ao lado de uma rua com grande movimento de pedestres e carros pode ser uma boa ideia, mas não será muito útil se a avenida não permitir a parada dos caminhões que entregam a mercadoria do local.

  • Busque um ponto comercial próximo ao seu público

Um conselho oferecido pela maioria dos empresários e publicitários é: segmente seu público-alvo. Quanto mais específico, melhor para as vendas. Na hora de montar seu estabelecimento, tenha em mente as informações sobre seus clientes em potencial e tenha certeza de que o local é de fácil acesso para seu público específico. Isso inclui o poder aquisitivo da população local, faixa etária, estrutura familiar padrão e outros itens. Abrir um restaurante de luxo em um bairro de classe média ou baixa certamente não atrairá muitos clientes, por exemplo. Por isso, avalie esses fatores antes de escolher o ponto comercial.

  • Evite locais com muita concorrência

Um problema em abrir um ponto comercial em determinado local apenas por preencher os requisitos acima é que outros empreendedores certamente já tiveram a mesma ideia. Dependendo de quanto adiantado você estiver diante da concorrência, os melhores imóveis já podem ter sido alugados e a principal clientela pode estar fidelizada. Comprar esse tipo de briga não é muito promissor para nenhum negócio.

Isso não significa que você precisa abrir mão deste meio. Apenas evite ficar muito próximo de seus principais concorrentes. Abra seu negócio a uma ou duas quadras de distância ou divulgue-o em locais que ainda não estejam saturados.

  • Esteja onde a clientela mais passa

Independentemente do tipo de negócio, se você abriu uma loja ou um escritório, seus clientes precisam chegar até seu ponto comercial com alguma facilidade. Caso seu empreendimento seja voltado para uma clientela casual, como uma lanchonete ou uma boutique, o número de pessoas que passa em frente ao estabelecimento é uma estatística muito importante.

Mesmo um escritório fechado, dentro de um prédio comercial, precisa que seus clientes se aproximem sem se deslocarem demais. Proximidade de meios de transporte ou avenidas expressas pode ser uma boa forma de facilitar esse acesso.

Acha que já está preparado para abrir o seu negócio? Quer conhecer ainda mais para ter sucesso antes e após escolher seu ponto comercial? Então veja também 6 profissionais que você deve consultar antes de abrir sua empresa.

Artigos Relacionados