7 dicas para aproveitar ao máximo seu mentor de negócios

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Mentores de pequenas empresas podem ser uma chave para o sucesso de novos empreendedores, mas, se você não tiver a mentalidade certa ao trabalhar com um, talvez não se beneficie totalmente com essa experiência. Conversamos com Raj Tumber, que trabalhou como um mentor de negócios certificado junto à SCORE Las Vegas por seis anos. Baseado em sua experiência com empreendedores, ele oferece sete dicas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua experiência de orientação.

1 – Entenda a função do mentor

Durante o processo, Tumber explica que os mentores se tornam parte da equipe, mas você não deve esperar que ele faça o trabalho por você. A função dele é orientar e ensinar. Segundo ele, os mentores adoram dar coaching e usam a experiência, o conhecimento, o sucesso pessoal e a sabedoria que acumularam para ajudar empreendedores a levar adiante suas iniciativas. No entanto, no fim das contas, o trabalho de começar e administrar uma empresa é seu.

2 – Comprometa-se com o processo

De acordo com Tumber, o principal desafio que a maioria dos mentores de negócios enfrenta é a falta de compromisso dos clientes quando o assunto é o planejamento formal dos negócios. E isso é um problema, diz ele, pois compromisso e versatilidade são duas das principais características de um empreendedor. Inicie a orientação preparado para se comprometer com cada etapa do processo.

3 – Esteja preparado para fazer o trabalho difícil

Um bom mentor fará muito mais do que encorajar você com discursos motivacionais. Uma orientação eficaz é resultado de um coaching prático que ajude os empreendedores a desenvolver a confiança e a disciplina necessárias para executar cada função da empresa, da abertura à administração do negócio. Lembre-se de que os mentores já passaram por essas situações muitas vezes e têm experiência com sucessos e fracassos, ressalta Tumber. Quando um mentor atribui uma tarefa difícil a um aprendiz, provavelmente é porque sabe que ele precisa executá-la para se desenvolver e evoluir.

4 – Não conte apenas com e-mail

Tumber afirma que muitas pessoas preferem realizar as sessões de orientação por e-mail. No entanto, ele acredita que é mais positivo fazer uma primeira reunião pessoalmente ou por telefone com o mentor. Ele explica que é possível combinar o uso de e-mails, ligações e reuniões presenciais. Além disso, Tumber recomenda que o tipo de reunião tenha como base os tópicos que serão abordados na sessão. Por exemplo, o e-mail é uma boa maneira de se obter um aconselhamento geral e respostas a dúvidas, mas uma abordagem mais pessoal é melhor no caso de assuntos aprofundados.

5 – Tenha bom senso

Tumber destaca que a SCORE oferece orientação sem custos e os mentores são voluntários que dedicam seu tempo para atender a comunidade e apoiar o desenvolvimento empresarial. Em geral, os mentores são agendados com dias ou semanas de antecedência. Infelizmente, às vezes, alguns clientes não comparecem às reuniões de orientação. Tumber afirma que é importante informar aos mentores quando não for possível ir à reunião, pois eles podem usar esse tempo para trabalhar com outro aprendiz.

6 – Mantenha expectativas realistas

Apenas porque você tem um mentor de negócios não significa que está a caminho da independência financeira ou que você desfrutará de atenção especial de um credor, destaca Tumber. Em vez disso, mentores de negócios atuam como catalisadores que podem ajudar a iniciar um plano de ação e orientar você ao longo das etapas até a conclusão do plano. Veja seu mentor como um professor e alguém capaz de ajudar você a atingir suas metas compartilhando conhecimentos especializados.

7 – Participe do processo pronto para aprender

Por fim, Tumber afirma que alguns empreendedores chegam ao processo de orientação com a visão de que já são um sucesso e ficam decepcionados quando aprendem que o desenvolvimento de uma empresa é um processo de longo prazo que envolve disciplina e planejamento formal. Para aproveitar ao máximo a experiência, procure um mentor e participe disposto a aprender. Dessa maneira, você estará mais propenso a ouvir o conhecimento que seu mentor tem a oferecer.

Se você acha que pode se beneficiar com a orientação de um mentor de negócios, registre-se para participar de uma reunião presencial gratuita ou envie um e-mail com dúvidas para um mentor no site da SCORE.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.

Artigos Relacionados