Lições de empreendedorismo dos Jogos Olímpicos

0
SHARES

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, encerrados neste domingo (21/8), trouxeram momentos marcantes para o esporte, mas também algumas lições de vida que podem ser úteis para empreendedores. O site Administradores reuniu algumas dessas lições em artigo. Entre as de maior destaque estão:

Persistência

A primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos veio com a judoca Rafaela Silva. Rafaela é um exemplo de superação, pois superou uma forte série de ataques, inclusive racistas, após ser eliminada do torneio de judô das Olimpíadas de Londres, em 2012.

Seja você mesmo

Nem novo Phelps, nem novo Bolt. "Sou a nova Simone Biles", respondeu a ginasta americana ao ser comparada a outros gigantes do esporte. A lição que fica: é melhor apostar em suas próprias qualidades do que tentar sempre ser comparado a outros exemplos de sucesso.

A primeira impressão é a que fica

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos foi um sucesso, elogiada não só no Brasil, mas também no exterior. O noticiário que precedeu o evento, no entanto, não era animador. Problemas de falta de dinheiro, crises política e econômica, tanto a nível federal quanto no estado do Rio de Janeiro. Todos esses fatores ameaçavam a abertura dos Jogos, mas a equipe de organização do evento superou as dificuldades e entregou um evento memorável, que ajudou a aumentar as expectativas pelos Jogos e serviu como um gostinho do que viria nos dias seguintes.

Veja outras lições de empreendedorismo dos Jogos Olímpicos no artigo do site Administradores.