10 perguntas que você precisa fazer antes de comprar uma empresa

por Equipe QuickBooks

6 minutos de leitura

Como empresário, você talvez tenha a oportunidade de adquirir uma empresa existente. Muitas vezes, essa é uma excelente oportunidade de negócios para expandir um negócio já existente ou ajudar a recuperar uma empresa em dificuldades.

No entanto, como em qualquer empreendimento, há riscos. Veja a seguir 10 questões que você deve levar em consideração antes de comprar uma empresa.

  1. Por que você deseja comprar essa empresa?

A resposta a essa pergunta pode ser simples. Talvez seja uma de suas empresas favoritas, você pode ter grande interesse no setor ou trata-se, aparentemente, de um ótimo investimento. Faça uma avaliação ainda mais crítica e certifique-se de que o negócio coincide com seus pontos fortes.

Por exemplo, se for um ponto de venda, você dispõe de recursos e tem paciência para lidar com clientes e fornecedores? É necessário também conhecer o setor e ter certeza de que você não está pagando um valor acima do que a empresa vale.

Talvez também seja interessante analisar o local, a base de clientes existente e a reputação da empresa. Se qualquer um desses elementos representar um ponto negativo da empresa, reavalie sua decisão.

  1. Como você garantirá seu sucesso?

Essa questão pode estar diretamente relacionada a por que você deseja comprar a empresa. Sua visão empresarial deve se concentrar no marketing, na contabilidade e no orçamento, áreas que terão um impacto muito mais significativo do que simples mudanças superficiais. Certifique-se de que você tem as habilidades e os recursos para garantir o sucesso da empresa, particularmente se ela estiver sendo vendida em uma condição financeira preocupante (ponto que será discutido adiante).

  1. Qual é o volume de capital a que você tem acesso?

Além do dinheiro necessário para comprar a empresa, você também precisará de capital de giro para cobrir despesas com folha de pagamento, estoque, serviços públicos, aluguel, entre outras. Analise seu fluxo de caixa atual e determine quanto dinheiro a operação do negócio exigirá. Analise os livros contábeis do proprietário atual e converse com ele sobre os custos mensais e anuais.

  1. Quanto a empresa vale?

Essa pergunta é importante para determinar qual é o preço de venda justo. Há alguns métodos diferentes que você pode usar para realizar essa análise de valor, incluindo:

  • Abordagem de ganhos capitalizados: esse método tem como foco o retorno esperado sobre o investimento.
  • Método de ganhos excedentes: essa abordagem analisa o retorno sobre o investimento, mas separa o retorno de ativos e os ganhos de outra natureza.
  • Método de ativos tangíveis: essa abordagem analisa o valor da empresa com base nos ativos tangíveis.
  1. Peça para conversar com o proprietário atual

Parte do processo de aquisição de uma empresa envolve conversar com o proprietário atual para conhecer melhor os pontos fortes e fracos do negócio. Depois de identificar uma empresa que está interessado em comprar:

  • Envie uma carta de intenção ao proprietário sobre sua proposta de preço, bem como os termos e as condições da venda.
  • Assine um contrato de confidencialidade que garanta ao proprietário atual que você usará as informações compartilhadas apenas para tomar uma decisão.
  1. Peça para ver os atuais demonstrativos financeiros da empresa

Exija acesso aos demonstrativos dos últimos três a cinco anos, incluindo declarações de impostos e quaisquer contratos ou arrendamentos atuais. Certifique-se de que os demonstrativos foram auditados por uma empresa de contabilidade respeitável. Embora confiar na análise do próprio dono da empresa possa ser visto como uma atitude amigável, é melhor ter certeza de que os formulários foram analisados por profissionais de contabilidade.

Se isso não tiver sido feito, solicite a permissão do proprietário atual para realizar uma auditoria independente. Se o proprietário se recusar, ele pode ter algo a esconder, o que significa que talvez seja melhor desistir da aquisição.

  1. Tenha uma conversa franca com os proprietários atuais

Você deseja compreender claramente por que eles estão vendendo a empresa. Confira a seguir algumas perguntas importantes que devem ser feitas:

  • Por que você deseja vender?
  • Quantas horas você trabalha por semana atualmente?
  • Qual é o fluxo de caixa atual?
  • No momento, você está se pagando? Se sim, quanto e com que frequência?
  • Qual é a duração de seus arrendamentos?
  • Você tem um plano de negócios?
  • Você tem um plano de marketing ou publicidade?
  • Você tem algum processo (atualmente, no passado ou pendente)?

As respostas a essas perguntas ajudarão você a decidir se vale a pena comprar a empresa e quanto em termos de trabalho e capital será necessário para que ela seja administrada sem percalços.

  1. O que acontecerá após a venda?

Verifique com o proprietário o que ele planeja fazer após a venda da empresa. Pergunte se ele estaria disposto a ajudar na transição. Converse com os funcionários e determine o que acontecerá com eles após a concretização da venda. Você manterá todos os funcionários? Você manterá alguns e dispensará outros? Também é melhor conversar com os funcionários assim que você acreditar que a venda será concretizada e responder às dúvidas sobre a venda e o futuro da empresa.

  1. Quais são os clientes atuais da empresa?

Se a empresa tiver uma lista de clientes atuais, peça para vê-la e pergunte sobre o status de cada cliente. Você deve ter certeza de que os proprietários atuais estão deixando uma carteira de contas com a qual conseguirá trabalhar e que têm potencial de gerar lucro.

  1. Qual é a sua estratégia de saída?

Você espera comprar a empresa e ter uma carreira longa, bem-sucedida e lucrativa. No entanto, em algum momento, você talvez queira vender o negócio ou se aposentar. Analise a empresa e avalie o que será necessário fazer para que ela se torne lucrativa, vendável ou ambos. Saiba qual é sua estratégia de saída desde o início para conseguir planejar seu futuro continuamente.

Como sempre, conte com o apoio de um advogado experiente ao longo do processo. Se possível, encontre um especializado na venda do tipo de negócio no qual você está interessado.

Ao fazer uma grande aquisição, como de uma empresa, e especialmente quando você estiver herdando a infraestrutura e a lista de clientes de terceiros, fazer a lição de casa é a melhor abordagem. Os advogados chamam esse processo de “diligência prévia”, mas para muitos empresários e empreendedores trata-se apenas de bom senso.

Se decidir comprar uma empresa, uma das maiores decisões que precisará tomar é se você retirará dinheiro da empresa conforme necessário ou pagará a si mesmo um salário periodicamente. Para ajudar você a tomar essa decisão, verifique como é possível fazer retiradas levando em consideração impostos, a estrutura da empresa e muito mais.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados