Giro de estoque: o que é e como calcular

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

A falta de equilíbrio entre as vendas realizadas e as compras de mercadorias pode ser o maior problema na gestão de estoque, afinal ter controle do giro de estoque do seu negócio é essencial para se alcançar o sucesso. Quando o nível de compra é baixo e o produto não está à disposição do cliente, as vendas são prejudicadas e gera-se uma situação de urgência. Nesse contexto, a empresa perde oportunidades de negociações e precisa comprar com valores mais elevados do que poderia conseguir se tivesse mais tempo para negociar.

Quando ocorre o inverso e o volume de compra é maior do que o volume de vendas, os estoques ficam lotados e há perdas por vencimento, produtos sem saída, capital de giro estagnado, aumento de custos fixos da empresa, entre uma série de outros prejuízos.

Assim, é uma grande responsabilidade fazer controle de estoque. Para te ajudar a fazer uma boa gestão, vamos te explicar como calcular o giro de estoque e identificar se o seu dinheiro está sendo bem empregado. Acompanhe:

O que é giro de estoque e como funciona

Chamamos de giro de estoque o parâmetro responsável por demonstrar o desempenho de um estoque, indicando de forma padronizada sua qualidade em relação à utilização de recursos estocados. Esse indicador é aplicável para qualquer tipo de estoque, independentemente de seu tamanho ou complexidade.

Antes de calcular, precisamos primeiramente compreender o conceito de giro dos estoques. Trata-se de dizer quanto do estoque foi vendido e quantas vezes ele foi reposto em determinado período de tempo. Por exemplo, imagine que o estoque médio de uma produtora de arroz é de 200 sacas e a empresa vende 1.800 sacas por ano. Logo, o giro de estoque dessa empresa é 1.800 / 200 = 9 giros ao ano.

Quando existe maior diversidade de produtos ofertados é necessário calcular a partir do valor médio dos estoques a preço de compra e dos valores das vendas a preço de compra, e assim ter um controle de estoque eficaz. Por exemplo, pense em um estoque médio a preço de compra de R$ 25 mil e com volume de vendas ao ano de R$ 350 mil a preço de compra. O número de giros do estoque será de 350 mil / 25 mil = 14 giros ao ano.

Como calcular o giro de estoque

Os exemplos anteriores deixam claro que, para calcular o giro de estoque, é necessário saber o valor da variável chamada média de estoque. Essa média precisa ser calculada tanto pela quantidade de produtos (no caso do primeiro exemplo) como pelo valor dos produtos (no segundo exemplo).

No primeiro caso, deve-se somar o número de produtos no início do período de análise com número de produtos no final do período analisado e dividir por 2:

Estoque inicial + estoque final / 2

No segundo, utilizamos o mesmo raciocínio, mas convertemos o número de produtos para o valor deles, da seguinte forma:

Valor inicial do estoque + Valor final do estoque / 2

Com base nessa média, podemos calcular o giro por quantidade, dividindo o número de produtos vendidos pela média de estoque (como no primeiro exemplo); e também com base no valor dos produtos, dividindo o valor dos produtos vendidos pelo valor médio do estoque (como no exemplo 2).

Qual é o impacto do giro de estoque?

É o giro de estoque que permite saber de forma precisa de quanto em quanto tempo seu estoque costuma ser renovado. Por meio de cálculos como o tempo médio do giro do estoque (número de dias do período analisado dividido pelo número do giro de estoque nesse período), podemos dizer que um estoque foi renovado X vezes naquele ano, e essa renovação se deu aproximadamente a cada Y dias.

Avaliar indicadores como esse é fundamental para a gestão financeira da sua empresa. Acompanhar o controle do estoque e o tempo do giro de estoque ajuda a se programar para períodos futuros. Uma vez ciente de que em determinado período do ano o giro de um produto é maior, você pode se preparar para que ele não falte.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre finanças para pequenas empresas. 

Curta também nossa página no Facebook e fique por dentro dos assuntos de interesse dos empreendedores.


Artigos Relacionados

Capital de giro e investimento fixo: veja as diferenças

Quando uma empresa é fundada, ela precisa de recursos financeiros para se…

Leia Mais

Saiba o que é controle de estoque

Muito se ouve falar sobre gestão e controle de estoque, mas muitos…

Leia Mais

Controle de estoque: 4 erros que você deve evitar a todo custo

Qualquer negócio que trabalhe com produtos, seja um micro empreendimento individual ou…

Leia Mais