7 dicas para fazer o controle de estoque em pequenas empresas

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Para qualquer empreendimento, especialmente as micro e pequenas empresas, o controle de estoque é essencial — mas costuma também ser negligenciada, por falta de entendimento dos princípios básicos de uma boa gestão. Alguns erros são comuns quando se fala de controle de estoque, como falta ou excesso, ausência de controle, métodos de inventário obsoletos, não contabilizar os custos de armazenamento, justamente porque o gestor não entende a necessidade desses pontos.

Em uma boa gestão de estoque algumas práticas são essenciais para controlar suas finanças e garantir um crescimento acelerado. Confira abaixo 7 dicas para fazer o controle de estoqueem sua empresa.

1 – Faça um inventário

Primeiro ponto e primordial para se ter um controle de estoque eficiente é fazer um inventário e mantê-lo atualizado. É necessário saber o que se tem e as quantidades de cada produto, assim como manter o fluxo de estoque atualizado, com as entradas e saídas, com datas específicas.

Esse controle ajudará a prevenir erros posteriores e é o início de uma política de gestão de estoque. Uma dica importante é centralizar o inventário de estoque em um único colaborador ou equipe responsável especificamente por essa tarefa.

Leia também: Giro de estoque: como calcular

2 – Meios de gerenciamento

Manter um controle de estoque com meios manuais ou obsoletos toma tempo e tem um custo alto. Por isso, o ideal é informatizar e manter sempre atualizado os meios de gerenciamento de estoque.

Isso fará com que seja mais fácil localizar os produtos e manter atualizado o inventário. Os principais softwares do mercado já têm funções dinâmicas para medir e analisar as entradas e saídas de estoque, quais produtos têm maior potencial de venda, assim como a época de venda e quais estão ficando armazenados.

3 – Treine seus colaboradores

Não adianta ter o melhor software do mercado se o colaborador não tem treinamento para executá-lo. Colaboradores treinados para lidar com o controle de estoque dinamizam as relações de venda e facilitam os acessos aos dados, além de serem mais confiáveis.

4 – Otimização do estoque

Mantenha os produtos armazenados em nível de otimização: tanto o excesso quanto a falta de estoque são falhas gravíssimas. O primeiro, pelo custo de armazenagem e pela possibilidade de perda do produto por passar de data de validade, estragar, ou sofrer problemas; o segundo, pela péssima imagem que a falta de um produto anunciado pode dar ao cliente, além da perda das vendas.

Com um bom controle de estoque, é possível otimizar a armazenagem. Isso significa conhecer bem a rotatividade dos produtos, a experiência de mercado e as possibilidades reais de venda, além de analisar o inventário para verificar a saída e constância dos produtos.

Leia também: Guia de controle de estoque

5 – Redução de perdas e danos

Uma boa gestão de estoque com colaboradores treinados evita que haja perdas e danos dos produtos. Um produto com data de validade vencida, por exemplo, é uma perda dupla, tanto da aquisição quanto da venda. Estabeleça uma margem aceitável de perdas e danos e procure manter-se nela.

6 – Cálculo dos custos de armazenamento

Manter um controle de estoque tem um custo: da equipe de colaboradores, do espaço utilizado, dos meios de gerenciamento adquiridos, das perdas e danos calculadas. Por isso, é importante ter a noção, para sua empresa, do custo que isso representa na hora de pensar em aumentar o estoque, por exemplo.

7 – Promoção dos produtos parados

Mesmo na melhor das gestões de estoque, algumas vezes produtos encalham. Encare isso como uma oportunidade de promovê-los: venda-os mais baratos, faça-os circular. Isso ajuda na construção da sua marca e permite abrir espaço para produtos mais valorizados.

Um controle de estoque organizado, prático, dinâmico e otimizado, além de ajudar a reduzir as perdas da sua empresa, também é garante um serviço de qualidade e referência.

Artigos Relacionados

Controle de estoque: conheça a história e a sua importância para os negócios

A atividade de controle de estoque é, muitas vezes, deixada de lado pelos…

Leia Mais

Controle de estoque: 4 erros que você deve evitar a todo custo

Qualquer negócio que trabalhe com produtos, seja um micro empreendimento individual ou…

Leia Mais

4 erros de gestão financeira que podem acabar com sua empresa

Uma das maiores dificuldades dos empresários é controlar os aspectos financeiros do…

Leia Mais