Financiamento ou empréstimo: qual a diferença?

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

Muitas empresas que precisam de capital acabam tendo que escolher entre financiamento e empréstimo sem compreender muito bem quais são as vantagens e desvantagens de cada um deles. É muito importante que o empresário saiba qual é a diferença entre as duas opções, o que é necessário para conseguir um financiamento ou um empréstimo e qual deles atende melhor os objetivos do negócio. Você também tem dúvidas sobre as diferenças entre essas duas modalidades? Então continue lendo!

Diferenças entre financiamento e empréstimo

Para conhecer melhor quais são as vantagens e desvantagens de cada uma das opções financeiras, você precisa saber qual é a finalidade de cada um, quais são as taxas envolvidas e qual oferece o maior valor para qual objetivo. Vamos lá:

Finalidade

O financiamento serve para uma compra direcionada de algo específico — existem financiamentos, por exemplo, para compra de materiais de construção, de imóveis, carros e algumas modalidades específicas para empreendedores, como investimentos em bens e serviços, ampliação e modernização do empreendimento, compra de máquinas e equipamentos etc. Para o financiamento, a compra precisa ter uma finalidade específica e o empresário precisa comprovar que usou o dinheiro para esse propósito.

LEIA MAIS: Entendas as diferenças entre lucratividade e rentabilidade

Por outro lado, o dinheiro do empréstimo não precisa ser justificado e pode ser usado da maneira como o empresário quiser, sem precisar explicar seus objetivos para a instituição financeira, que vai simplesmente emprestar o dinheiro em troca de juros. Assim, você pode usar o dinheiro para pagar dívidas, adquirir um bem ou ter capital de giro.

Taxas

O empréstimo, por ser mais fácil de ser conseguido, é mais caro que o financiamento, porque envolve mais riscos para a instituição financeira. Como o dinheiro do empréstimo não precisa ser justificado e o banco não pode analisar o destino dos recursos ou ter garantia, suas taxas são mais altas. No caso do financiamento, além da justificativa da finalidade do dinheiro a ser usado, o banco pode pegar o bem financiado no caso da falta de pagamento, o que torna as taxas mais baixas.

Valores

Como o financiamento envolve uma burocracia maior, tem um processo muito mais detalhado e uma análise mais complexa, é possível obter normalmente um valor bem mais alto que no empréstimo, a juros menores e com pagamento a longo prazo. O valor do empréstimo é limitado ao perfil da empresa e do empresário com base em análise de risco, capacidade de endividamento e comprovação de renda e de bens.

LEIA MAIS: Entenda tudo sobre o ISS, imposto sobre serviços

Qual é a melhor opção para a minha empresa

Para saber optar entre financiamento e empréstimo, é preciso saber qual é o seu objetivo com o dinheiro. Se você pretende quitar uma dívida com fornecedor ou comprar produtos de consumo em pequena quantidade para a empresa, como um eletrônico ou um móvel, provavelmente a melhor opção é pedir um empréstimo. Se você está pensando em investir um capital grande para modernizar a empresa, automatizar processos ou comprar um imóvel ou um carro para ser usado no seu negócio, um financiamento vai solucionar melhor o seu problema, além de ser mais barato e oferecer melhores condições.

Escolher entre financiamento e empréstimo para sua empresa requer um pouco de conhecimento sobre cada uma das duas opções. Esperamos que com o conteúdo desse post essa escolha fique mais fácil!

Artigos Relacionados