Break even: saiba tudo sobre essa análise finaceira

por Equipe QuickBooks

2 minutos de leitura

Só pelo fato de ser um termo em inglês, o break even já pode assustar muita gente; mas é a partir dele que muitos gestores analisam a viabilidade e existência de um negócio.

Em palavras curtas, break even é o ponto de equilíbrio de um negócio. É quando os ganhos se igualam às perdas, ou quando a soma dos custos é equivalente à soma dos rendimentos. É a partir desse ponto que se sabe qual é o mínimo de unidades que uma empresa deve vender para lucrar.

O break even define quando um investimento gerará um resultado positivo. Entenda como fazer essa análise no post de hoje!

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para elaborar uma projeção financeira sólida

O que levar em conta na análise de break even?

Para entender melhor o que significa o break even, precisamos analisar outros termos importantes:

Custo Fixo (CF): são todos os custos que representam fatores de produção fixos, independentemente da quantidade produzida ou vendida. Por exemplo: aluguel, máquinas, juros, impostos e seguros;

Custo Variável (CV): são os tipos de custos que mudam de acordo com a produção ou com a quantidade de trabalho, como os pagamentos da equipe, gastos com matéria prima, suprimentos, etc;

Custo Total (CT): nada mais é do que a soma dos outros dois custos acima;

Vendas: corresponde ao valor obtido pela comercialização dos seus serviços ou produtos;

Receita Total (RT): é o valor obtido quando se multiplica o valor do seu produto pela quantidade de vendas realizadas;

Lucro Total (LT): é calculado subtraindo os custos totais das receitas totais.

Como calcular o break even?

Vamos a um exemplo prático para que tudo fique mais claro. Dados os valores fictícios abaixo, calculemos o break even, ou ponto de equilíbrio, de determinado produto.

Usaremos a simbologia “RT = CT” para determinar o ponto de equilíbrio:

  • Preço produto (P) : R$ 100,00;
  • Quantidade vendida (Q) : 2.000 unidades;
  • Custos fixos (CF): R$ 100.000,00;
  • Custos variáveis (CV): R$ 100.000,00;

Agora temos: CT = CV + CF => CT = R$ 200.000,00

  • RT = P x Q => RT = R$ 100,00 x 2.000 => RT = R$ 200.000,00
  • LT = RT – CT => LT = R$ 200.000,00 – R$ 200.000,00 => LT = ZERO

Ou seja: no exemplo acima, ao realizar 2.000 vendas você atinge seu ponto de equilíbrio, no qual os lucros são nulos. A partir daí, se você vender uma unidade a mais, fecha o mês em lucro.

LEIA TAMBÉM: Veja a diferença entre lucro real e lucro presumido

Por que o break even é importante?

Além de determinar o momento (unidade vendida) a partir do qual sua empresa terá lucro, o break even é necessário para sua saúde financeira. Isso porque ele revela se seu modelo de negócio é capaz de se manter e qual é a quantidade de vendas (e o valor recebido por venda) que você precisa realizar mensalmente para que isso aconteça.

Tanto empresas em fase inicial quanto aquelas que estão no mercado há mais tempo devem se perguntar: qual é o nível de vendas que devo atingir para que meu negócio passe a ser lucrativo? Montar a sua estratégia de negócios pode ser vantajoso baseando-se no break even, pois esta é uma verdadeira ferramenta de gestão.

Gostou deste artigo? Então veja também nossas dicas para criar um plano de negócios eficiente!

Artigos Relacionados