7 coisas que todo profissional autônomo deve saber sobre finanças

por Equipe QuickBooks

3 minutos de leitura

image

Saber administrar as finanças é essencial para qualquer profissional. Ainda mais no caso dos autônomos e profissionais liberais, que além de administrarem seu negócio próprio, não têm renda fixa, férias remuneradas e todas as seguranças que outros profissionais possuem. Pensando nisso, separamos algumas coisas que todo autônomo deve saber para administrar seus recursos variáveis com sucesso e nunca ficar sem dinheiro. Confira!

É possível gerenciar uma receita variável!

Uma receita variável é um pouco mais difícil de gerir do que uma receita fixa, o que obriga todo autônomo a saber um pouco de controle financeiro.

Gerenciar uma renda variável requer organização para acompanhar, registrar e analisar seu negócio da forma correta. Apesar disso, ser um profissional liberal é um bom caminho para conseguir a tão sonhada independência financeira. Afinal de contas, só depende de você!

Calcular um preço justo é o primeiro passo

Precificar serviços é uma dificuldade comum entre os profissionais liberais, muitas vezes devido ao medo de que um preço alto pode afastar os clientes.

A dica é: Não tenha medo! Quanto mais completo o serviço, mais caro deve-se cobrar. Isso é justo! Os clientes irão aceitar bem o preço final, se forem explicados todos os custos da operação. Se o cliente não aceitar, o negócio provavelmente não vale a pena!

Uma boa dica para ajudar a precificar o serviço é fazer uma pesquisa de mercado. Pesquise na sua área quais são os profissionais que prestam serviços similares ao que você oferece e quanto eles cobram pelo trabalho completo. Assim, você terá mais segurança quanto ao preço médio praticado no mercado.

Considere todos os seus custos antes de fechar negócio!

Antes de fechar o preço de um serviço, é necessário considerar todos os seus gastos possíveis. Considere as despesas de transporte, mesmo se for com seu próprio carro, ligações, impressões, refeição e, principalmente, seu tempo que foi gasto. Seja realista com seus recursos!

Ao receber de forma adiantada, é comum que depois de algumas horas de trabalho você perceba que o serviço vai demorar muito mais do que você imaginou, e que isso não será lucrativo. Para evitar esse problema, é sempre bom pensar no pior caso possível antes de fechar o negócio!

É necessário rever seus preços regularmente

Manter os preços estáveis por muito tempo pode significar perder lentamente a viabilidade do seu negócio! Por isso, é recomendado que você revise o preço dos seus serviços a cada seis meses.

Assim você consegue acompanhar as mudanças do mercado sem correr o risco de perder clientes. Aumentar os valores de forma gradativa é mais eficiente do que ter que aumentar muito seu preço de uma só vez!

Você precisa de capital de giro!

Não se pode iniciar um negócio próprio sem um capital de giro para arcar com os custos das suas atividades! Infelizmente, isso é muito comum entre os profissionais liberais. Além de manter o seu trabalho, ter um capital reserva pode ser necessário em um futuro não previsto, seja por um problema financeiro ou para aproveitar uma oportunidade de negócio que requer investimento. Não se pode ficar sem!

Não misture o dinheiro da sua empresa com o seu!

Um dos erros mais comuns e fatais para qualquer negócio, é misturar o dinheiro do trabalho com as suas contas pessoais. Esse é o primeiro passo para o descontrole financeiro! T

er as duas coisas bem separadas é essencial para ter uma visão clara do seu negócio. Separe uma parte dos seus rendimentos para sua conta pessoal, mas não misture!

Poupar parte das receitas é essencial!

Poupar é essencial para adquirir a tão sonhada independência financeira! Ser independente é trabalhar por prazer, não por necessidade.

É importante poupar, seja por um plano de previdência, caderneta de poupança, ou reserva financeira para realizar seus sonhos. O objetivo aqui é ser sustentável e buscar viver o hoje sem se esquecer do amanhã.

Gostou das nossas dicas? Não deixe de aplicar seus novos conhecimentos e manter um bom controle financeiro de seu serviço.

Artigos Relacionados